Wednesday, May 19, 2004

Pois é... Gato achado, chaves perdidas...

Esta "pequena" história do ganda só vem mesmo provar a minha teoria, ou pelo menos uma delas (sim, hão-de gramar com elas todas, aguentar e não chorar nem reclamar!!!). Qual é a teoria, perguntam vocês? Não sei se devia começar com esta, acho que é o mesmo que não usar vaselina (pobrezinhos!!!), mas cá vai.
Esta é mesmo a última coisinha que saiu destes maravilhosos neurónios (feitos em papa por causa do álcool, mas isso agora não interessa nada...)

Teoria da compensação:
(muito parecido com conspiração, principalmente quando é a mim que me acontece)

Se ganhas alguma coisa perdes um milhão em seguida;
se perdes alguma coisa, ganhas uma ou duas (no máximo!)

Esta história vem provar isso mesmo, ora o ganda ganhou um gato e, em compensação perdeu as chaves de casa, uma noite bem passada na caminha, a paciência a tentar encontras as ditas cujas (acredito que naquela hora fossem referidas como as "putas das chaves") já pra não falar numa possível noite de sexo escaldante com a "Maria" (chamemos-lhe assim) (ena! isto já parece o TVI jornal!!!), e mais algumas coisas que não me lembro/não quero comentar.
Isto prova a primeira parte do teorema...
Agora a segunda parte:
Como ele perdeu as chaves, "ganhou" um pedaço de chão (duro, diga-se) pra dormir e um nome pra dar ao gato (uau!!!)

E tal como este há muitos exemplos que não me apetece dar aqui, agora e neste momento, por isso arranjem-nos vocês!

A verdade mesmo é que se analizarmos as coisas a fundo aparecem-nos estas ideias, sim, qualquer pessoa podia ter chegado à mesma conclusão que eu (...NOT!!!).

(Moral da história)
Não tenham um blog! porque senão o resto do pessoal é obrigado a aturar merdas destas como vocês acabaram de aturar. Sim, eu sei, há quem possa argumentar que a culpa é do álcool (ou da falta dele), mas a verdade é que vocês tão aqui porque querem, e não porque alguém vos obrigou (a não ser que sejam esquizofrénicos ou tenham a mania da perseguição) por isso não digam que eu não vos avisei!

Queria só terminar a dar as boas vindas à nossa colega recém chegada... mmm...mmm...ok, ok!

9 comments:

dharyk said...

esqueci-me de dizer uma coisa. o á próxima teoria é a dos morangos (não, não são os morangos com açucar da TVI, tenho melhores coisas que fazer que andar a escrever sobre isso, como por exemplo: nada!)

ganda said...

Dass... Teoria da compensação??!!??? Teoria da Batata isso sim.... O que eu ganhei foi a puta da confirmação que o meu cérebro, a par do teu (diga-se já assim de passagem!!!!), tá um pouco (talvez) muito queimado!!
DASS ninguém, mas mesmo ninguém deixa as chaves de casa para apanhar um gato, sabendo de antemão que eram as únicas que tinha, num espaço temporal de pelo menos 12 horas!!!

Ufff, tou a ficar cona (será da idade?)

Bom já deste boas vindas à menina, prepara-te para dar mais boas vindas, é que esta comunidade está a aumentar!!!

Anonymous said...

Bem, isto é ridiculo ahahah como é possivel perder umas chaves e encontrar um gato...eu acho que tu talvez tenhas deixado as chaves dentro do pacote de batatas lays...mas e se...passaram por um portal e o gato vem de outro planeta e é um ser alien tipo o filme com a Natacha Henstridge...é mais provável esta ultima.
ass:Elvas

ZP said...

Eu calculo que durante aqueles longos minutos em que o ganda esteve à procura do gato debaixo do carro, teve que recorrer àquela perigosa posição (de gatas e de rabo para o ar), que não deve ser muito aconselhável numa ruela à 1h da manhã. Partindo deste pressuposto, gostaria de reformular a segunda parte do teorema:

Como ele perdeu as chaves, "ganhou" um pedaço de chão (duro, diga-se) pra dormir, um nome pra dar ao gato... e poderia ter ganho um andar novo.

dharyk said...

sim, o andar novo era de facto uma possibilidade, mas se vamos entrar no campo das possibilidades... aí eu poderia dizer que poderia ter encontrado (assim, por acaso) a monica belluci e a laetitia casta na rua e tê-las convidado pra ir beber um copo, ao que elas poderiam ter respondido "Oh! Mas é claro que vamos! Como poderíamos dizer que não a um gajo tão bom!!!" (...) isto basicamente acabava comigo e elas duas na horizontal, não é? e poderia ter acontecido, se eu não tivesse acordado entretanto...

ZP said...

Trocaste de boxers, pelo menos?

Vanadis said...

Sim Sra, Monica Beluci e Laetitia Casta. Até que enfim um homem que gosta de mulheres e não de sacos de ossos...

Mas indo à Teoria da Compensação, ou Teoria da Batata, conforme lhe queiram chamar, acaba por ser mais um Teorema das famosas Leis de Murphy. Ou seja, um azar nunca vem só. Mas a sorte, essa, só vem quando calha! Porque, neste mundo pelo menos, é preciso sorte para ter sorte. Quer dizer, por cada coisa boa que o destino te apresenta, são-te amistosa e prontamente oferecidas porradas de desaires.

E digo mais...mmmm, mmmm...ok, ok... ;-)

ganda said...

Eu detesto Ossos... (este é para a "maria" ver)
Mas de vez em quando gosto de meter a mão no osso, e de roer uma chicha... do frango ou assim :D

ganda said...

Eu detesto Ossos... (este é para a "maria" ver)
Mas de vez em quando gosto de meter a mão no osso, e de roer uma chicha... do frango ou assim :D