Friday, December 29, 2006

VI Grandioso Encontro de Bioquímicos do Algarve Fora do Algarve

Aconteceu na Ilha no dia 23 de Dezembro e desta vez o evento foi filmado. É provável que algumas partes da filmagem sejam um pouco chatas e monótonas, mas pelo menos ficam a conhecer todas as ruas e estradas da Ilha e arredores. Aviso desde já que existem cenas chocantes que podem ferir as susceptibilidades dos espectadores mais sensíveis, nomeadamente o Duarte a cantar. Aqui vai:









Entretanto a Ana enviou-me as suas fotos para eu as colocar aqui no blog, espero que outros lhe sigam o exemplo. Aqui vai então:










Thursday, December 28, 2006

E fotos como é?

Então pessoalzeco...

Onde estão as fotos do mitico almoço de bioquímica????

Um abraço a todos

Duarte

Tuesday, December 19, 2006

Quebra-cabeças

Trago um presente para todos os u-gandeses... um puzzle!!

Um bom natal e ano novo.


http://www.epuzzle.co.uk

Monday, December 18, 2006

Preservativo, agora, é pouco!!...

O orgasmo feminino é uma coisa da qual as mulheres percebem muito pouco, e os homens menos ainda. Pelo facto de ser uma reacção endócrina, que se dá sem expelir nada, não apresenta nenhuma prova evidente de que aconteceu, ou de que foi simulado. Diante deste mistério, as investigações continuam, pesquisas são feitas, centenas de livros são escritos, tudo para tentar esclarecer este assunto.
A acompanhar este tema, deu no outro dia uma entrevista com uma conhecida sexóloga, na TV, que apresentou uma pesquisa feita nos Estados Unidos, na qual se mediu a descarga eléctrica emitida pela piriquita na hora do orgasmo. Os resultados mostram que, na hora H, a pachacha dispara uma carga de 250 000 microvolts. Ou seja, 5 passarinhas juntas, ligadas em série na hora do "ai meu Deus!", são suficientes para acender uma lâmpada. E uma dúzia são capazes de provocar a ignição no motor de um Carocha com a bateria em baixo.
Já há até mulheres a treinar para carregar a bateria do telemóvel: dizem que é só ter o orgasmo e... tchan... carregar. É preciso ter cuidado porque aquilo, afinal, não é uma rata, é uma torradeira eléctrica. E se se der um curto circuito na hora de "virar os olhos"? Além de vesgo, fica-se com a doença de Parkinson e com a salsicha assada. Preservativo agora é pouco: tem de se mandar encapar na Michelin. E, na hora H, é recomendado usar sapatos de borracha, não os descalçar e não pisar o chão molhado. É também aconselhável que, antes de se começar a molhar o biscoito, se pergunte se é de 110 ou de 220 Volts...
...

Thursday, December 14, 2006

Eu, Carolina - Excertos Seleccionados

Já que o assunto veio à baila, resolvi contemplar o u-ganda com o conteúdo de um mail que acabei de receber. É um pouco extenso, mas vale a pena!

No início do livro, Carolina revela que conheceu o presidente do FCPorto, com a mediação de Reinaldo Teles, um dos homens da SAD portistaque frequentava o Calor da Noite, bar de alterne, onde a autoratrabalhava madrugada dentro.
Joaquim Oliveira, empresário dos media, também frequentava o localassiduamente, e quando surgia era "sinónimo de festa de arromba".
"As minhas pernas começaram a tremer, senti um frio no estômago e tiveque sair da pista de dança", lembra quando viu Pinto da Costa pelaprimeira vez.
"Previ que estava a nascer um grande amor e não me enganei. Dançámostrês músicas seguidas e a sensação que tinha era que apenas existíamosnós, não havia ninguém em volta. Fez-me sentir uma verdadeiraprincesa", confessa.
Certa noite, ao despedir-se de mim, não me deu um beijo na cara, comoera usual, mas um beijo na boca [...] estava completamente apaixonada[...]
Demorei uma eternidade na casa de banho a tentar evitar o inevitável[...] Ele já me esperava, pacientemente, na cama [...] E vivi umalinda e inesquecível noite de amor.
Depois, o início das revelações que comprometem Pinto da Costa:"Sempre que, durante um jogo, o Jorge Nuno achava que o árbitro tinhaprejudicado o FC Porto, ligava ao senhor José António Pinto de Sousa,presidente do Conselho de Arbitragem, que lhe atendia o telefone,começando por manifestar a sua indignação perante a incompetência doárbitro, mas acabando sempre por marcar um jantar para fazer as pazes
Pinto da Costa festejou vitória da GréciaUma das confissões mais relevantes da ex-mulher de Pinto da Costareside no facto de o presidente do FC Porto ter festejado o triunfo daGrécia no Euro 2004.
"O Jorge Nuno alterou-se com o senhor Scolari quando percebeu que estenão cederia às suas vontades. O que incomodava Jorge Nuno era o factode toda a gente ter percebido que o presidente do FC Porto perdera opoder que gostava de ostentar sobre todos os aspectos do futebolportuguês, incluindo a equipa de todos nós. Conheço casas onde odesaire [refere-se à derrota de Portugal na final do Euro 2004 com aGrécia] foi festejado com a abertura de uma garrafa de champanhe. Aminha, por exemplo.
Apito de alerta do amigo Lourenço Pinto..."Foi o doutor Lourenço Pinto quem, às sete da manhã, nos telefonoupara casa avisando que o major, o doutor Pinto de Sousa e algunsfuncionários da Câmara de Gondomar tinham recebido a visita da PJ. OJorge Nuno ficou deveras perturbado com o que estava a acontecer aomajor. Receava que o major ou Pinto de Sousa falassem de mais. Estaera a sua preocupação", relata.
Na véspera da sua detenção, que nunca chegou a acontecer, Pinto daCosta contou com uma preciosa ajuda, nada mais nada menos que LourençoPinto, advogado do major Valentim Loureiro.
Tendo em conta o acontecimento, o conhecido advogado, segundo CarolinaSalgado, marcou um almoço no restaurante Boucinha, em Vila Nova deGaia.
"À mesa fomos informados com pormenor da situação. Na manhã do diaseguinte, uma brigada da PJ iria entrar na nossa casa e na casa deReinaldo Teles com mandados de busca e de detenção (...) Foi muitoacentuado que os agentes eram de Lisboa, como se por isso o perigotriplicasse, o que não me pareceu uma análise correcta. (...) Quer oJorge Nuno, quer o Reinaldo Teles ficaram petrificados com asinformações. O Reinaldo ficou branco, quanto ao Jorge Nuno, o queouviu, da boca do dr. Lourenço Pinto, deu-lhe positivamente a volta àbarriga. Não havia tempo a perder. O Jorge Nuno tinha de sair dopaís", diz.
António Araújo não foi avisado, segundo Carolina Salgado, por ser "oelo mais fraco" e para que a estratégia montada "funcionasse naperfeição".
A mãe de Carolina estava incumbida de atender os agentes da PJ, tendode dizer a frase previamente combinada: "O senhor Jorge Nuno e aesposa aproveitaram o feriado para dar um passeio." Isto numa alturaem que o casal se encontrava na Galiza.
Como curiosidade, a mulher de Reinaldo Teles recebeu os agentes da PJcom uma frase elucidativa da sua seriedade: "Não dormiu cá. De certezaque passou a noite com alguma amante!"
Reinaldo Teles pernoitou num hotel do Porto.
Carolina Salgado lembra que ela e Pinto da Costa resolveram deixar ocofre da casa aberto, "numa atitude de descaramento e provocação".
Já em Espanha, "Jorge Nuno acusava o Major de ter falado de mais e nãoter cuidado".
Confraternização com árbitrosPara sustentar a sua tese, Carolina faz uma confissão bastanteperniciosa para o líder portista: "Os árbitros Martins dos Santos eAugusto Duarte eram visitas de nossa casa, sempre trazidos peloAntónio Araújo. Por ser muito cuidadoso, Jorge Nuno nunca falou com umárbitro ao telefone, nem precisava de o fazer, visto que eles iam lá acasa para confraternizar. Eram levados pelo empresário António Araújo,bebiam café e comiam chocolatinhos. O Araújo funcionava como uma ponteentre o Jorge Nuno, o Reinaldo e os árbitros, disponibilizando-lhessimpatias, tais como raparigas e outros bens."
No dia do encontro, em casa, com o Beira-Mar, a contar para a Liga,Pinto da Costa combinou ir depor. Mas se ficasse detido havia umaestratégia bem montada: "Se, por acaso, Jorge Nuno ficasse detido porordem da juíza, tal como aconteceu com o major, os Super Dragõesinvadiriam o Tribunal, destruindo tudo à sua passagem, e libertariam opresidente. Cá fora, eu estaria à sua espera num local previamentecombinado e fugiríamos para Espanha, de onde só regressaríamos sabe-selá quando."
Entretanto, Carolina recorda que teve o "desprazer de ouvir JoaquimPinheiro [irmão de Reinaldo Teles] dizer em voz bem alta que se nãofosse ele o presidente estava engavetado, devido a uma informação deum amigo seu da PJ do Porto".
A "coça" a Ricardo Bexiga"Há que limpá-lo", disse Pinto da Costa relativamente a RicardoBexiga, vereador socialista da Câmara Municipal de Gondomar e alegadodelator das irregularidades naquela edilidade.
Carolina conta que se prestou ao serviço "mais desgraçado edegradante" da sua vida.
Então, alegadamente, Pinto da Costa, "com as suas ligações aosubmundo", disse a Carolina quem é que ela deveria contratar parabater no vereador.
"Explicou-me como deveria actuar, pagando metade do preço à entrada eoutra metade à saída, ou seja, antes e depois da agressão. O serviçocustava 10 mil euros, dinheiro que me entregou sempre em notas e queretirou de uma grande gaveta da cómoda do nosso quarto, na Madalena,gaveta que, para meu espanto, estava sempre a abarrotar de dinheirovivo", lembra.
Depois de Ricardo Bexiga ter sido agredido, Carolina Salgado teve umrebate de consciência, tendo desabafado o seu arrependimento comLourenço Pinto, que teve uma tirada deliciosa.
"Oh, minha querida, mas ele ficou a falar!", ao que Carolinarespondeu: "Mas eles partiram-no todo." Lourenço Pinto não modificou odiscurso: "Sim, mas ficou a falar."
Carolina revela ainda que pediu desculpa a Ricardo Bexiga e que esseepisódio "foi o princípio do fim" da sua relação com Pinto da Costa.
Os arrependimentos de CarolinaCarolina Salgado não se coíbe de mostrar arrependimento de muitas dasatitudes que tomou.
Por exemplo, o facto de não ter apertado a mão a Luís Filipe Vieira,presidente do Benfica.
Na época 2003/2004, aquando da visita do FC Porto ao Estádio da Luzficou decidido que Pinto da Costa sentava-se no banco e Carolina natribuna.
"Ali chegada (...) primei pela educação, numa atitude provocatória.Recusei cumprimentar o senhor Luís Filipe Vieira deixando-o de mãoestendida. Depois fui para a casa de banho retocar a maquilhagem,perante o horror das senhoras do Benfica que nem conseguiam olhar paramim a direito. Pelo telemóvel, ir contando estes meus passos querejubilava. És um espectáculo, Carolina', dizia, pedindo-me que lhecontasse todos os pormenores", sublinha.
Na temporada seguinte, Luís Filipe Vieira tinha decidido não deixarCarolina entrar na tribuna. Então, a companheira de Pinto da Costadecidiu ir para a bancada, na companhia dos Super Dragões, acompanhadade uma tarja direccionada ao líder encarnado.
Pinto da Costa quando viu a tarja, que dizia "Ó orelhas, estou aqui",ficou radiante. "O Jorge Nuno, hiper-feliz, mandava-me mensagensapaixonadas: 'Ouve lá, estás em grande' e 'Espectáculo'", refere.
No final do encontro José Veiga e Luís Filipe Vieira insultaramCarolina "de todas as maneiras e feitios, com alusões ao Calor daNoite", o que desagradou a cônjuge de Pinto da Costa.
"Fiquei triste não pelo que eles disseram, mas pela apatia do JorgeNuno que vi, pela televisão, encostado a um canto da sala de imprensa,sem a menor disponibilidade para reagir ao achincalho que, para todosos efeitos, eu, a sua mulher, estava ali a sofrer", destaca.
José Mourinho rasgou a camisola de Rui JorgeNão se percebe no livro se Carolina Salgado viu, mas a sua frase nãodeixa dúvidas a ninguém.
"José Mourinho rasgou a camisola do jogador do Sporting, Rui Jorge",diz a antiga companheira de Pinto da Costa, reportando-se ao empateentre leões e dragões, a 1 de Fevereiro de 2004.
"Este acto do Mourinho provocou a fúria dos adeptos do Sporting, queme insultaram, quando me dirigia para o parque de estacionamento (aque não deveriam ter acesso...), e foi o próprio Rui Jorge que, saindodo seu carro, acorreu em minha defesa, dizendo que eu não tinha nada aver com o acontecido", conta, numa revelação surpreendente.
Tendo problemas de flatulência [...] de vez em quando descuidava-se[...] em cerimónias oficiais, levando-me a acender, de imediato, umcigarro para disfarçar o odor.Cortava-lhe as unhas dos pés e aparava-lhes os pêlos das orelhas.

Wednesday, December 13, 2006

Eu, Carolina?????

pelos vistos parece que saiu em Portugal um livro, escrito ou ditado por uma tal de carolina salgado, meretriz de um tal Pinto da Costa!

o ditado é velho, "diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és" Se carolina é puta, o chulo era quem?

mais info aqui (embora n mta)

eu como tou fora so ouvi por alto e o aproveitamento satirico feito pelas bolas com creme e o gato fedorento.

Ja agora leiam este blog tb :d http://ogolpedeestadio2.blogspot.com

Algum cometario de quem esta em terras de viriato e acompanha estas historias de mais perto?

RedFox? Prof. Bambo? Vanadis? Oprichnik? Rocky Maqueteer?

Vamos lá!

Mumentus Mostruosos

Só um pequeno aparte. Apesar de com um mês de hiato, espreitem novos angulos dos Monstros AQUI (no Mumentus).

Wednesday, December 06, 2006

Desportivo da Ilha

Espero que com o post sobre futebol os comentários vão correr
(para atiçar mais ainda o pessoal sou gaijo para dizer: grupo desportivo só existe um, é o da Ilha e mais nenhum lol)

Coisas serias

Almoço de natal!!!!

Este ano vai ser na:

A ilha é uma bela localidade

com pessoas alegres, divertidas,

e modernas

É facilmente encontrada vindo de norte, sul, este ou oeste

O único problema, é que só e acessível de ferry-boat

Vários têm sido os ferrys da Ilha que tem alcançado fama mundial mas infelizmente sem os devidos créditos



DATAS?????

Nem todos têm a sorte de como eu estarem de ferias na altura de natal!!

Eu proponho as datas de 23 ou 30 (sábados) para a sardinhada, mas espero que estas datas sejam debatidas e que se chegue a uma que de mais jeito a mais gente
(Nota: Estas são também as datas das folgas da Adélia!!!)

Para os mais distraídos nas aulas de geografia da primária a Ilha fica no concelho de Pombal.
De carro e usando auto-estrada podem escolher a A1 e a A8
De comboio escolham a estação de Pombal
De expresso: Leiria, Figueira-da-Foz, Guia (Melhor escolha) ou Pombal

Se não vierem de carro digam nos comentários para se organizar maneira de vos fazer chegar à Ilha
Descrição mais pormenorizada para quem vem de carro será dada mais tarde

Guarita: a casota do meu cão tem algum espaço livre e penso que com apenas um osso (e uma imperial ao dono) conseguem dormida.

Portem-se bem …
… mal

Ass.


Comissão de Festas

Ps. Vem e trás um amigo/a

Monday, December 04, 2006

Exposicao do Master da AMY!



Para mais informacoes sobre a Designer, Porffolio, motivacoes, interesses follow the link Myspace da Amy

Friday, December 01, 2006

Foi com tranquilidade... fundamentalmente com tranquilidade.



Caros sportinguistas, animem-se. Pelo menos fizeram uma bela receita de bilheteira...