Friday, December 09, 2005

ANTI O QUÊ??? Pois é, mas tenho razões...

Estou no ir…

Aviso desde já, que este texto falará um pouco de futebol, mas na maioria pouco futebol (desportivamente falando) tem. Portanto, quem se sentir incomodado com aquilo que digo acerca desta área, pode evitar automaticamente ler… sim meu caro J.P., não deverá gostar do que vou escrever devendo ficar por este parágrafo.

E, de que mais poderia eu falar, se não fosse do grande Papa dessa religião que se intitula Batutismo. Não deriva obviamente do Cristianismo, uma vez que esta, teria Dez Mandamentos, entre os quais se inseria “Não roubarás”.

sou ani-tripeiro...

Não tenho nada contra o Porto (cidade). Apenas contra aquela instituição da máfia que foi construída dentro do clube, futebol clube do porto e já agora contra aqueles que dizem que o Porto é uma nação e se ajoelham aos pés do Grande Patriarca dessa mesma gente.

Não sou Hooligan! Não incito à violência, mas se alguém me vier agredir leva também!

Ora esta posição que demonstro poderá, eventualmente, trazer dissabores que não gostarei muito, mas não tenho medo algum e sempre assumi e assumirei as minhas responsabilidades.

Agora, vem a explicação do que e porque, disse.

O apito Dourado terá certamente desfecho brevemente, contra tudo e contra todos aqueles que ainda desesperadamente tentam abafar o que já não pode mais ser abafado.
Depois eu quero ver o que vão fazer aqueles pacóvios, que por serem demasiado cegos, quando lhes for retirado todos e quaisquer títulos que tenham ganho desde os anos 80, uma vez que os anteriores crimes já devem ter prescrito… tantos saltos de alegria festejos e festas, cânticos e regabofes…e afinal era tudo mentira, porque o Papa viciou o jogo todo, e ganhou sempre porque era batoteiro, porque tinha sempre dinheiro para roubar os jogadores ao Benfica e ao Sporting…exemplos crassos o jardel ao Benfica e o Paulo Assunção ao Sporting… entre outros, a lista é interminável, de repente estava já estava a pensar nuns 15 jogadores de igual tratamento…

Antes de continuar, insiro aqui o texto “ A Máfia do Futebol”, para quem ainda não teve acesso ou oportunidade de ler…







A MAFIA

As primeiras reuniões do Sistema realizaram-se ainda nos anos 70 e quando Pinto da Costa era secionista do andebol do Porto, eram na confeitaria 'Petulia' no Porto. Aí se começou a 'cozinhar' o Sistema.

Reinaldo Teles possui vários bares de alterne(casas de prostituição), onde se encontram com regularidade pessoas ligadas ao futebol, e onde eles enchem os bolsos da seguinte maneira:

o presidente do clube A quer subir de divisão. Paga por exemplo 30
mil contos ao sistema, que por sua vez gasta 10 mil contos em árbitros e guarda 20 mil. Sexo e dinheiro compram tudo e todos, incluindo árbitros, políticos, dirigentes,etc.

Outro truque é levarem os árbitros ás casas de meninas, filmarem tudo e depois chantagearem-nos.

Outro exemplo: o árbitro X tem algumas dificuldades monetárias, por exemplo para pagar uma letra, o Sistema empresta dinheiro. E depois exige-o de volta. Como o árbitro não pode pagar de imediato, torna-se escravo do Sistema. Como resultado as vergonhosas arbitragens a que estamos habituados. Quem não se lembra do famoso caso dos 'Quinhentinhos'?

A SUBIDA DE PINTO DA COSTA AO PODER

Por intermédio de Pedroto, os jogadores fizeram greve e se não houvesse eleições não jogariam. Houve eleições. Nas sessões de esclarecimento aos sócios de Américo de Sá(que era o presidente), o nosso 'amigo' Reinaldo Teles arranjava uns capangas, para armarem porrada e as sessões nunca chegavam ao fim. Isto e a greve dos jogadores veio dar força a PC que ganhou as eleições. Os jogadores pararam logo a greve e foi assim que o MAFIOSO chegou ao poder(com dinheiro do dono da Petúlia(IlídioPinto), que mais tarde se mostrou desgostoso, pois tinham-lhe prometido a vice-presidência e depois nada. Só anos mais tarde chegou a dirigente do clube. Já agora, o Pintinho gosta de pensar em si próprio como o Al Capone português.

O SISTEMA E O CLUBE

O sistema não é o Porto clube. São as pessoas que lá estão. Os sócios do Porto sem se aperceberem estão a alimentar uma máquina de fazer dinheiro. Mas o dinheiro que entra no clube é muito pouco, pois grande parte é para o Sistema.

Também há tráfico de droga. O autocarro do Porto foi revistado na portagem dos Carvalhos há uns anos atrás e passados meses foi preso Mariano(antigo jogador do Porto), que foi bode expiatório a troco de dinheiro.

Com certeza já ouviram falar de Lucianno de Onofrio. Na sua família encontram-se membros da Camorra. Esse empresário trabalha com o Porto e faz parte do Sistema. Este e outros empresários portugueses e estrangeiros trabalham com o Porto e alguns deles estiveram envolvidos no escândalo de corrupção do clube francês Olympique Marseille. Eles trabalham assim:

COMO VENDER JOGADORES MISERÁVEIS POR MILHÕES DE CONTOS

Eles compram um jogador médio, barato, ele faz uns jogos pelo Porto e depois é vendido a um clube estrangeiro amigo por uma fortuna. Nesse clube amigo eles têm um treinador(normalmente um ex-treinador do Porto) que trabalha com a MAFIA ou um empresário de jogadores. Eles convencem esse clube a comprar o tal jogador do Porto por milhões de contos e normalmente é assim que o bolo é dividido:

Sistema(MAFIA)-50%
FC Porto-30%
o treinador ou o empresário-20%

Exemplo:
Foram buscar o Jorge Plácido(um jogadorzeco dos anos 80) bem barato, fez meia dúzia de jogos pelo Porto e depois foi vendido por um balúrdio ao Matra Racing de Paris. Quem era o treinador do Matra?
O Artur Jorge. O bolo foi dividido assim:
Artur Jorge-20%
Sistema-50%
Porto-30%
E ficaram todos a ganhar e contentes menos o Matra Racing.

E as vendas de vários outros jogadores fizeram-se através de empresários amigos que inflaccionaram o valor e o preço dos jogadores do Porto: Emerson(Midlesbrough), Doriva(Sampdória), Domingos(Tenerife), Baía(Barcelona) Fernando Couto(Parma), Rui Barros(Monaco), Folha(Standard Liége), Latapy(Espanha), Mielcarsky(Spain),etc, a lista é interminável.

Lembram-se daquele guarda-redes frangueiro Krajl? O Porto tinha que se despachar dele. Quem foi o pato? O PSV Eindhoven que era treinado pelo Bobby Robson.

Outros nomes que talvez vos digam algo: Tomislav Ivic, Manuel Barbosa, José Veiga(que já se zangou e fez as pazes com o FCP umas 10 vezes, tudo teatro para enganar o Benfica e o Sporting, e os poder minar por dentro).

MARINHO NEVES
Muitos jornalistas tentaram há alguns anos atrás denunciar e expôr a MAFIA do futebol. Mas foram ameaçados e espancados pelos capangas do FCP(cujo nome oficial é Corpo de Segurança Privado).
Marinho Neves foi um corajoso jornalista. Escreveu o livro 'Golpe de Estádio' onde de forma romanceada ele conta a história da MAFIA com nomes falsos. Antigo jornalista do Norte Desportivo e Gazeta dos Desportos já o espancaram várias vezes, para ele se calar. Colaborou com a SIC nos Donos da Bola. O livro teve algum sucesso há 3/4 anos, mas agora está esquecido.

Por falar em G. Abel ele está todos os domingos que o Vilanovense(Gaia) joga em casa lá está ele no campo. Talvez ele diga algo, uma vez que foi traído pelos ex-amigos do sistema. Benfiquistas do Norte vejam se lhe conseguem arrancar alguma coisa.

Agradeço a um benfiquista de Gaia pela sua ajuda.

Estas denúncias chegaram-me de um tipo que se diz antigo jornalista do jornal O Jogo.

O Reinaldo Teles passou as casas de prostitutas para nome de um tipo que ainda não sei quem é porque dava muito nas vistas, visto que o Granada, o Calor da Noite, Diamante Negro, entre outros, que eram os mais frequentados na altura, era onde se faziam algumas transacções de droga.

O próprio Reinaldo Teles foi apanhado em frente á alfândega do Porto num mercedes cheio de droga, mas muita gente 'comeu' às custas disso e nunca se soube nada, até um jornalista do 'Público' teve uma 'prenda' do Reinaldo Teles quando o próprio descobriu a história.

Em relação ao guarda Abel, ele não foi traído, mas sim 'aconselhado', mas ficou bem na vida... Só que ele é um granda putanheiro que estourou tudo no jogo e nas putas, agora tem umas tipas a render para ele.

Em relação á Olivedesportos, quando o Benfica quebrou o contracto, depois do Vale e Azevedo se tornar presidente, o Guilherme Aguiar, o Pinto da Costa, Manuel Tavares(editor do jornal O Jogo), Ronaldo Oliveira(filho do Oliveira), António Oliveira(o ex-treinador do Porto) e mais uns tipos que não me recordo agora, reuniram-se na sala de reuniões do jornal O Jogo, para tomar medidas no 'sistema' para o Benfica sofrer represálias intimidatórias, tanto a nível de imprensa como a nível federativo (Liga incluída). Obviamente que esta reunião foi 'off-the-record'. E muitas mais merdas. As mais banais eram as notícias fabricadas ou as inflamadas. Porque segundo o Jorge não sei das quantas, o responsável financeiro ou qualquer coisa do género do jornal O Jogo, 'o Benfica é que vende'.
Mandaram um sócio do Porto pagar a um cunhado para dizer que o jornal o tinha subornado para dizer mal do FCP. Este caso até passou nos 3 canais de TV."


Não fui eu que escrevi, nem sei quem foi, mas veio vezes sem contra parar à caixa de mails, certamente a maioria já tinha lido.

DEGRADANTE!!!

Como poderei eu gostar do FCP??? Como pode alguém decente e com Honra gostar do FCP???

Ainda me vêm falar de desportivismo seus morcões???

Agora, como aconselhado pelo Weblog “A Xafarica” por “ramos” cruzem esta história, com a noticia Do Record de 5 de Dezembro….

PC VIU VALIDADO MANDADO DE DETENÇÃO
Araújo implica os dragões

Acusado de cinco crimes de corrupção desportiva, António Araújo foi ao mesmo tempo impedido pela juíza que tutela o processo Apito Dourado de frequentar "o Estádio do Dragão ou qualquer casa de alterne". O empresário de Diego e de Leandro terá de entregar o seu passaporte e só saiu em liberdade mediante uma caução de 100 mil euros, estando também proibido de contactar Pinto da Costa, Augusto Duarte, Jacinto Paixão, Manuel Quadrado, José Chilrito, José António Pinto de Sousa (ex-presidente do Conselho de Arbitragem da FPF), Francisco Costa (ex-vogal do CA da FPF), outros árbitros de futebol e dirigentes do FC Porto ou da sua SAD.

Pinto da Costa, por seu lado, viu o mandado de detenção emitido pelo Ministério Público ser validado pela juíza Ana Cláudia Nogueira, tendo-lhe sido "restituída a liberdade" devido à demora no interrogatório a António Araújo e pelo facto de o presidente portista se ter apresentado no tribunal de forma "voluntária e espontânea". O que terá de fazer novamente 3ª feira, às 9 horas, pois na 2ª feira a juíza não tem agenda.

António Araújo começou a ser ouvido às 20 horas de sexta-feira e o interrogatório terminou poucos minutos antes das três horas de ontem. Na próxima 2ª feira, o empresário terá de entregar o seu passaporte na secretaria do Tribunal de Gondomar e tem dez dias para prestar a caução que o vai manter em liberdade.

Face às medidas de coacção que lhe foram aplicadas, é de admitir que as acusações que visam António Araújo envolvam o FC Porto e alguns dos seus dirigentes, como o atesta o facto de estar impedido de frequentar o Estádio do Dragão e de contactar dirigentes do clube e da SAD.

O processo Apito Dourado acumula agora um total de 177 crimes e são conhecidos 22 arguidos.

Prostitutas brasileiras em foco

Todos os indícios continuam a apontar para factos ocorridos na noite anterior ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora (mas não só), disputado no passado dia 24 de Janeiro, com os dragões a vencerem por 2-0. Prostitutas brasileiras, entretanto ouvidas pelo MP, terão prestado serviços a terceiros, tendo António Araújo conduzido a operação após ordem superior. As buscas entretanto realizadas tiveram como objectivo encontrar documentação que reforce a acusação que estará pendente.


UMA VERGONHA!!!!


Siga…

Entrevista de Octávio Machado ao Correio da Manhã de Sábado, 11 de Dezembro de 2004

Da mesma, fica esta pequena transcrição.

"CM: Ficou surpreendido com as evoluções do processo ‘Apito Dourado’?

OM: – Eu, que ando há quarenta anos no futebol?! Fui a primeira pessoa a falar do sistema. Dez anos antes de Dias da Cunha o fazer. Pensa que alguma vez vou esquecer o que vivi antes do jogo Gil-Vicente-FC Porto na época de Carlos Alberto Silva. Foram os momentos mais traumatizantes da minha vida e da minha carreira. Esse jogo determinava a descida de divisão do Gil Vicente, treinado por António Oliveira, caso a equipa perdesse contra o FC Porto, na altura do jogo já campeão nacional.

Não esquece porquê?

– Porque tive de lutar para que mantivéssemos a nossa dignidade.

Sofreu pressões para que o FC Porto facilitasse a vida ao Gil Vicente?
– Num telefonema chegaram a dizer-me que eu era a única pessoa do FC Porto que desejava a vitória da equipa frente ao Gil Vicente.

Quem lhe telefonou?
– Um amigo. De facto, bem vi aqueles que foram ao balneário do Gil Vicente festejar a vitória da equipa. Perdemos por 1-0, mas não perdemos a dignidade porque não cedo a pressões e disse isso mesmo aos meus jogadores no fim do jogo.

Pinto da Costa deu-lhe a entender que o FC Porto devia facilitar?
– Nunca me diria isso porque me conhece.

Algum dirigente do FC Porto o fez?

– Há muitas maneiras de fazer pressão. Posso apenas dizer que vivi momentos muito difíceis, mas tenho que deixar alguma coisa para revelar no meu livro. Mas não foi a única vez que me aconteceu. Num jogo entre a Académica e o FC Porto em que se discutia a descida de divisão da Académica, também passei por situações difíceis. Acabamos por ganhar com um golo de Raudnei, infelizmente para alguns, porque não era suposto o FC Porto ter ganho esse jogo à Académia.

Em que época se passa esse segundo episódio?

– Quando Ivic era treinador do FC Porto.

O treinador da Académica era António Oliveira...

– Exactamente.

Foi pressionado, por duas vezes, para não prejudicar duas equipas, treinadas por António Oliveira?

– Vivi momentos muito difíceis."



DAQUI VEM O MEU ANTI FCP…..


PARA ACABAR….

AS PRENDAS DO BATOTEIRO DO DESPORTO



O Expresso de 16.4.2005, publica que o FC Porto viciou o Campeonato, e os árbitros confessaram à Juíza terem sido presenteados com uma sessão de sexo, com prostitutas, no Hotel Meridiam, no Porto.

Logo a seguir a um jogo, quem levou o trio de arbitragem a jantar, e às três meninas brasileiras que já estavam no quarto do Hotel à espera deles, foi Reinaldo Teles, o braço direito de Pinto da Costa.

O árbitro Jacinto Paixão teve direito a escolha, pois tinha ao seu dispor uma 'menina' de cor negra , uma 'menina' branca e uma 'menina' mulata. Jacinto escolheu, e o que sobrou foi para os seus auxiliares. Diz o Expresso que as 'pequenas' receberam 150 euros (30 contos) cada uma, pelos seus serviços (o rei da batota paga bem, para os árbitros é uns mãos largas, até passa muitas vezes por Fátima para agradecer a Nossa Senhora por o fazer tão generoso...).

Lembro aqui, aos que fazem comentários, que, se sentirem incomodados por eu estar aqui a escrever isto, que não sou eu que invento estas coisas, está tudo no Expresso de sábado passado, é só comprarem o Jornal.
“ramos” em A Xafarica

A JUÍZA do processo «Apito Dourado», Ana Cláudia Nogueira, concluiu que Pinto da Costa é pessoalmente responsável por ofertas a árbitros, incluindo o serviço de prostitutas. E esses «presentes» não eram feitos por «filantropia» mas para obter contrapartidas no terreno desportivo. Contrapartidas que tinham por objectivo beneficiar o FC Porto e prejudicar o Sporting e o Benfica. O despacho, cujas linhas gerais foram reveladas ao EXPRESSO por fonte judicial, refere o desafio Porto-Estrela da Amadora, realizado em 24 de Janeiro de 2004 - onde, segundo a juíza, houve muitos erros de arbitragem que o próprio árbitro, Jacinto Paixão, posteriormente reconheceu. Esses erros favoreceram sistematicamente o FC Porto.

FC PORTO VICIOU CAMPEONATO

A juíza do 'Apito Dourado' não tem dúvidas das culpas de Pinto da Costa no caso das prostitutas para árbitros

BENFICA E SPORTING FORAM PREJUDICADOS, DIZ A JUÍZA

JÁ ESTA ENORME, MAS SE QUISEREM MAIS …PEÇAM…


Estou no ir…

7 comments:

Oprichnik said...

Não consegui ler tudo... começaram me a doer os olhos...

Espero muito bem que o que dizes aí seja verdade, coisa que eu...não acredito minimamente!!

Reinaldo Teles dono de umas senhoras que personificam os sistema... No fundo isto é tudo um sistema sexual :P e eu não sabia...
Mas se é sexual deve ser bom

Vanadis said...

Que o futebol é uma máfia, já toda a gente sabe. E não envolverá somente o FCP...

Sinhá said...

claro que o futebol é máfia....
só que à uns que ainda se escondem um bocadinho e depois há o porto...e o que se passou na década de 90...foi por de mais...
vamos ver é se o rapaz vai ser mesmo preso...o que realmente não me parece...

Vanadis said...

Sinceramente, não acredito nem deixo de acreditar nessas coisas. A caça às bruxas é o pão nosso de cada dia e inventar e distorcer também. Por isso, o que não vi, não sei.
Mas que eles andem aí, andem...agora, quem eles são...

ZP said...

Faltou falares do caso Calheiros, em que o fcp pagou "por engano" uma viagem ao Brasil a um árbitro...

ganda said...

Quem "escreve" assim não é... gago...

RedFox em mais uma bela exposição.

Eu gostaria de saber é se há alguma coisa deste estilo sobre o Benfica... É para não estarmos sempre a bater no mesmo ceguinho (leia-se FCP).

Bom o que é certo é q estas coisas vêm para a praça pública. E se fossem invenções porque não faze-las contra o Benfica, uma vez que "é o Benfica que vende"...

rezyn said...

Gostei muito de saber estas coisas.
Mas gostava ainda mais de saber o que
achas do José Veiga que fez (ou faz!!) parte do sistema,
e que agora está no Benfica.
A fazer o quê? Trabalhar para o Porto?Trabalhar contra o Porto?Simplesmente a ganhar a vida??