Tuesday, December 27, 2005

Happy New Year

Só para vos desejar um Happy New Year. :-)

Wednesday, December 21, 2005

Boas a todos....
Afinal como é com o jantar de natal?
É dia 28... É almoço ou jantar...

portem-se

Wednesday, December 14, 2005

O casamento do Rui e da Wanda

Este foi o motivo do meu mais recente regresso à "praia Lusitana", o casamento dos meus amigos Rui e Wanda.
Foi como uma viagem relampago 5 dias (no Reino Unido dia 8 não é feriado), não Wanda não era para ficar logo até ao Natal.

Bom começar por dizer que o meu voo era na quarta de madrugada ás 6 da manha. Ora o périplo começa ás 2:50 ao acordar para apanhar taxi ás 3:30, que me leva até ao centro onde apanho o Autocarro para o Aeroporto ás 4:05, onde chego ás 4:50. Faço uma nota aqui para dizer que estive até á 1:30 a aprender a fazer um nó numa gravata via internet é claro!

Pois o casamento aconteceu no dia 8 de Dezembro, que por acaso foi o dia a seguir a eu ter chegado do Reino Unido. Cheguei a ressacar uma bela "bica", um belo pastel de nata e claro uma bela SuperBock. Ressaca essa que, como se não fosse suficientemente forte para me embalar para uma bela recaida (leia-se bebedeira), foi ainda embalada por uma vitória histórica do "Benfica B" contra o Man U A (eles tinham todos os jogadores OK). Escusado será dizer que foi até ás tantas.... ás 5 da matina estava a dormir, para ás 8 acordar para estar fresco para o Vasquinho nos ir buscar para fazer-mos a viagem até Sines (terra natal dos na altura noivos).

Bem aquela estrada de Ourique até Sines foi uma tortura para quem até há muito pouco tempo cambaleava pelas ruas de Faro... Bom assim que sai do carro foi uma luta para aguentar o estomago no sitio. Passados 10 minutos o Vasquinho como bom amigo foi buscar-me uma SuperBock e tudo ficou bom!!

Bom mas falando agora do motivo deste post - O casamento!

Há saida de casa do noivo, não sei se por influência da SuperBock matinal, o vasquinho tentou furiosamente deitar a baixo um poste de electricidade com a parte traseira do carro... não ficou bonito...

ahh sim o Casamento...

Bom o casamento decorreu no Quinta das... bem no Alexander´s em Santiago do Cacém.
Foi um casamento diferente do comum, nada de marcha nupcial, mas uma música da banda sonora do Moulin Rouge (grande filme e grande banda sonora) escolhida pelos noivos (adorei). Os actores principais impecavelmente vestidos - ela num vestido branco e ele num fato preto (nunca tinha visto :P) - estavam lindos! a cerimónia foi curta (como devia ser sempre), eles estão ali para casar e não para estarem a ouvir um sermão. ouviu-se o "Sim" e o "Sim" e pronto marido e mulher! Seguiram-se as fotos... o fotógrafo não perdia uma: "pezinho à frente" " então e agora se me dessem um sorriso?" "é esse o melhor que têm?".

Comiddaaa. Bom até á meia noite não parou a comida, com direito a omelete de camarão e tudo...

Para não variar o "nosso" contingente foi o último a abandonar o barco! e no fim só uma palavra:

Felicidade para os recém casados (Ok é mais que uma palavra!)

Só desejo que sejam Felizes!

E agora algumas fotos!

Os casados de fresco!!!


O "Nosso Contingente"




A Festarola!


O Espetáculo!!!


Venham os próximos!!

Felicidades para vocês meus amigos!

Friday, December 09, 2005

ANTI O QUÊ??? Pois é, mas tenho razões...

Estou no ir…

Aviso desde já, que este texto falará um pouco de futebol, mas na maioria pouco futebol (desportivamente falando) tem. Portanto, quem se sentir incomodado com aquilo que digo acerca desta área, pode evitar automaticamente ler… sim meu caro J.P., não deverá gostar do que vou escrever devendo ficar por este parágrafo.

E, de que mais poderia eu falar, se não fosse do grande Papa dessa religião que se intitula Batutismo. Não deriva obviamente do Cristianismo, uma vez que esta, teria Dez Mandamentos, entre os quais se inseria “Não roubarás”.

sou ani-tripeiro...

Não tenho nada contra o Porto (cidade). Apenas contra aquela instituição da máfia que foi construída dentro do clube, futebol clube do porto e já agora contra aqueles que dizem que o Porto é uma nação e se ajoelham aos pés do Grande Patriarca dessa mesma gente.

Não sou Hooligan! Não incito à violência, mas se alguém me vier agredir leva também!

Ora esta posição que demonstro poderá, eventualmente, trazer dissabores que não gostarei muito, mas não tenho medo algum e sempre assumi e assumirei as minhas responsabilidades.

Agora, vem a explicação do que e porque, disse.

O apito Dourado terá certamente desfecho brevemente, contra tudo e contra todos aqueles que ainda desesperadamente tentam abafar o que já não pode mais ser abafado.
Depois eu quero ver o que vão fazer aqueles pacóvios, que por serem demasiado cegos, quando lhes for retirado todos e quaisquer títulos que tenham ganho desde os anos 80, uma vez que os anteriores crimes já devem ter prescrito… tantos saltos de alegria festejos e festas, cânticos e regabofes…e afinal era tudo mentira, porque o Papa viciou o jogo todo, e ganhou sempre porque era batoteiro, porque tinha sempre dinheiro para roubar os jogadores ao Benfica e ao Sporting…exemplos crassos o jardel ao Benfica e o Paulo Assunção ao Sporting… entre outros, a lista é interminável, de repente estava já estava a pensar nuns 15 jogadores de igual tratamento…

Antes de continuar, insiro aqui o texto “ A Máfia do Futebol”, para quem ainda não teve acesso ou oportunidade de ler…







A MAFIA

As primeiras reuniões do Sistema realizaram-se ainda nos anos 70 e quando Pinto da Costa era secionista do andebol do Porto, eram na confeitaria 'Petulia' no Porto. Aí se começou a 'cozinhar' o Sistema.

Reinaldo Teles possui vários bares de alterne(casas de prostituição), onde se encontram com regularidade pessoas ligadas ao futebol, e onde eles enchem os bolsos da seguinte maneira:

o presidente do clube A quer subir de divisão. Paga por exemplo 30
mil contos ao sistema, que por sua vez gasta 10 mil contos em árbitros e guarda 20 mil. Sexo e dinheiro compram tudo e todos, incluindo árbitros, políticos, dirigentes,etc.

Outro truque é levarem os árbitros ás casas de meninas, filmarem tudo e depois chantagearem-nos.

Outro exemplo: o árbitro X tem algumas dificuldades monetárias, por exemplo para pagar uma letra, o Sistema empresta dinheiro. E depois exige-o de volta. Como o árbitro não pode pagar de imediato, torna-se escravo do Sistema. Como resultado as vergonhosas arbitragens a que estamos habituados. Quem não se lembra do famoso caso dos 'Quinhentinhos'?

A SUBIDA DE PINTO DA COSTA AO PODER

Por intermédio de Pedroto, os jogadores fizeram greve e se não houvesse eleições não jogariam. Houve eleições. Nas sessões de esclarecimento aos sócios de Américo de Sá(que era o presidente), o nosso 'amigo' Reinaldo Teles arranjava uns capangas, para armarem porrada e as sessões nunca chegavam ao fim. Isto e a greve dos jogadores veio dar força a PC que ganhou as eleições. Os jogadores pararam logo a greve e foi assim que o MAFIOSO chegou ao poder(com dinheiro do dono da Petúlia(IlídioPinto), que mais tarde se mostrou desgostoso, pois tinham-lhe prometido a vice-presidência e depois nada. Só anos mais tarde chegou a dirigente do clube. Já agora, o Pintinho gosta de pensar em si próprio como o Al Capone português.

O SISTEMA E O CLUBE

O sistema não é o Porto clube. São as pessoas que lá estão. Os sócios do Porto sem se aperceberem estão a alimentar uma máquina de fazer dinheiro. Mas o dinheiro que entra no clube é muito pouco, pois grande parte é para o Sistema.

Também há tráfico de droga. O autocarro do Porto foi revistado na portagem dos Carvalhos há uns anos atrás e passados meses foi preso Mariano(antigo jogador do Porto), que foi bode expiatório a troco de dinheiro.

Com certeza já ouviram falar de Lucianno de Onofrio. Na sua família encontram-se membros da Camorra. Esse empresário trabalha com o Porto e faz parte do Sistema. Este e outros empresários portugueses e estrangeiros trabalham com o Porto e alguns deles estiveram envolvidos no escândalo de corrupção do clube francês Olympique Marseille. Eles trabalham assim:

COMO VENDER JOGADORES MISERÁVEIS POR MILHÕES DE CONTOS

Eles compram um jogador médio, barato, ele faz uns jogos pelo Porto e depois é vendido a um clube estrangeiro amigo por uma fortuna. Nesse clube amigo eles têm um treinador(normalmente um ex-treinador do Porto) que trabalha com a MAFIA ou um empresário de jogadores. Eles convencem esse clube a comprar o tal jogador do Porto por milhões de contos e normalmente é assim que o bolo é dividido:

Sistema(MAFIA)-50%
FC Porto-30%
o treinador ou o empresário-20%

Exemplo:
Foram buscar o Jorge Plácido(um jogadorzeco dos anos 80) bem barato, fez meia dúzia de jogos pelo Porto e depois foi vendido por um balúrdio ao Matra Racing de Paris. Quem era o treinador do Matra?
O Artur Jorge. O bolo foi dividido assim:
Artur Jorge-20%
Sistema-50%
Porto-30%
E ficaram todos a ganhar e contentes menos o Matra Racing.

E as vendas de vários outros jogadores fizeram-se através de empresários amigos que inflaccionaram o valor e o preço dos jogadores do Porto: Emerson(Midlesbrough), Doriva(Sampdória), Domingos(Tenerife), Baía(Barcelona) Fernando Couto(Parma), Rui Barros(Monaco), Folha(Standard Liége), Latapy(Espanha), Mielcarsky(Spain),etc, a lista é interminável.

Lembram-se daquele guarda-redes frangueiro Krajl? O Porto tinha que se despachar dele. Quem foi o pato? O PSV Eindhoven que era treinado pelo Bobby Robson.

Outros nomes que talvez vos digam algo: Tomislav Ivic, Manuel Barbosa, José Veiga(que já se zangou e fez as pazes com o FCP umas 10 vezes, tudo teatro para enganar o Benfica e o Sporting, e os poder minar por dentro).

MARINHO NEVES
Muitos jornalistas tentaram há alguns anos atrás denunciar e expôr a MAFIA do futebol. Mas foram ameaçados e espancados pelos capangas do FCP(cujo nome oficial é Corpo de Segurança Privado).
Marinho Neves foi um corajoso jornalista. Escreveu o livro 'Golpe de Estádio' onde de forma romanceada ele conta a história da MAFIA com nomes falsos. Antigo jornalista do Norte Desportivo e Gazeta dos Desportos já o espancaram várias vezes, para ele se calar. Colaborou com a SIC nos Donos da Bola. O livro teve algum sucesso há 3/4 anos, mas agora está esquecido.

Por falar em G. Abel ele está todos os domingos que o Vilanovense(Gaia) joga em casa lá está ele no campo. Talvez ele diga algo, uma vez que foi traído pelos ex-amigos do sistema. Benfiquistas do Norte vejam se lhe conseguem arrancar alguma coisa.

Agradeço a um benfiquista de Gaia pela sua ajuda.

Estas denúncias chegaram-me de um tipo que se diz antigo jornalista do jornal O Jogo.

O Reinaldo Teles passou as casas de prostitutas para nome de um tipo que ainda não sei quem é porque dava muito nas vistas, visto que o Granada, o Calor da Noite, Diamante Negro, entre outros, que eram os mais frequentados na altura, era onde se faziam algumas transacções de droga.

O próprio Reinaldo Teles foi apanhado em frente á alfândega do Porto num mercedes cheio de droga, mas muita gente 'comeu' às custas disso e nunca se soube nada, até um jornalista do 'Público' teve uma 'prenda' do Reinaldo Teles quando o próprio descobriu a história.

Em relação ao guarda Abel, ele não foi traído, mas sim 'aconselhado', mas ficou bem na vida... Só que ele é um granda putanheiro que estourou tudo no jogo e nas putas, agora tem umas tipas a render para ele.

Em relação á Olivedesportos, quando o Benfica quebrou o contracto, depois do Vale e Azevedo se tornar presidente, o Guilherme Aguiar, o Pinto da Costa, Manuel Tavares(editor do jornal O Jogo), Ronaldo Oliveira(filho do Oliveira), António Oliveira(o ex-treinador do Porto) e mais uns tipos que não me recordo agora, reuniram-se na sala de reuniões do jornal O Jogo, para tomar medidas no 'sistema' para o Benfica sofrer represálias intimidatórias, tanto a nível de imprensa como a nível federativo (Liga incluída). Obviamente que esta reunião foi 'off-the-record'. E muitas mais merdas. As mais banais eram as notícias fabricadas ou as inflamadas. Porque segundo o Jorge não sei das quantas, o responsável financeiro ou qualquer coisa do género do jornal O Jogo, 'o Benfica é que vende'.
Mandaram um sócio do Porto pagar a um cunhado para dizer que o jornal o tinha subornado para dizer mal do FCP. Este caso até passou nos 3 canais de TV."


Não fui eu que escrevi, nem sei quem foi, mas veio vezes sem contra parar à caixa de mails, certamente a maioria já tinha lido.

DEGRADANTE!!!

Como poderei eu gostar do FCP??? Como pode alguém decente e com Honra gostar do FCP???

Ainda me vêm falar de desportivismo seus morcões???

Agora, como aconselhado pelo Weblog “A Xafarica” por “ramos” cruzem esta história, com a noticia Do Record de 5 de Dezembro….

PC VIU VALIDADO MANDADO DE DETENÇÃO
Araújo implica os dragões

Acusado de cinco crimes de corrupção desportiva, António Araújo foi ao mesmo tempo impedido pela juíza que tutela o processo Apito Dourado de frequentar "o Estádio do Dragão ou qualquer casa de alterne". O empresário de Diego e de Leandro terá de entregar o seu passaporte e só saiu em liberdade mediante uma caução de 100 mil euros, estando também proibido de contactar Pinto da Costa, Augusto Duarte, Jacinto Paixão, Manuel Quadrado, José Chilrito, José António Pinto de Sousa (ex-presidente do Conselho de Arbitragem da FPF), Francisco Costa (ex-vogal do CA da FPF), outros árbitros de futebol e dirigentes do FC Porto ou da sua SAD.

Pinto da Costa, por seu lado, viu o mandado de detenção emitido pelo Ministério Público ser validado pela juíza Ana Cláudia Nogueira, tendo-lhe sido "restituída a liberdade" devido à demora no interrogatório a António Araújo e pelo facto de o presidente portista se ter apresentado no tribunal de forma "voluntária e espontânea". O que terá de fazer novamente 3ª feira, às 9 horas, pois na 2ª feira a juíza não tem agenda.

António Araújo começou a ser ouvido às 20 horas de sexta-feira e o interrogatório terminou poucos minutos antes das três horas de ontem. Na próxima 2ª feira, o empresário terá de entregar o seu passaporte na secretaria do Tribunal de Gondomar e tem dez dias para prestar a caução que o vai manter em liberdade.

Face às medidas de coacção que lhe foram aplicadas, é de admitir que as acusações que visam António Araújo envolvam o FC Porto e alguns dos seus dirigentes, como o atesta o facto de estar impedido de frequentar o Estádio do Dragão e de contactar dirigentes do clube e da SAD.

O processo Apito Dourado acumula agora um total de 177 crimes e são conhecidos 22 arguidos.

Prostitutas brasileiras em foco

Todos os indícios continuam a apontar para factos ocorridos na noite anterior ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora (mas não só), disputado no passado dia 24 de Janeiro, com os dragões a vencerem por 2-0. Prostitutas brasileiras, entretanto ouvidas pelo MP, terão prestado serviços a terceiros, tendo António Araújo conduzido a operação após ordem superior. As buscas entretanto realizadas tiveram como objectivo encontrar documentação que reforce a acusação que estará pendente.


UMA VERGONHA!!!!


Siga…

Entrevista de Octávio Machado ao Correio da Manhã de Sábado, 11 de Dezembro de 2004

Da mesma, fica esta pequena transcrição.

"CM: Ficou surpreendido com as evoluções do processo ‘Apito Dourado’?

OM: – Eu, que ando há quarenta anos no futebol?! Fui a primeira pessoa a falar do sistema. Dez anos antes de Dias da Cunha o fazer. Pensa que alguma vez vou esquecer o que vivi antes do jogo Gil-Vicente-FC Porto na época de Carlos Alberto Silva. Foram os momentos mais traumatizantes da minha vida e da minha carreira. Esse jogo determinava a descida de divisão do Gil Vicente, treinado por António Oliveira, caso a equipa perdesse contra o FC Porto, na altura do jogo já campeão nacional.

Não esquece porquê?

– Porque tive de lutar para que mantivéssemos a nossa dignidade.

Sofreu pressões para que o FC Porto facilitasse a vida ao Gil Vicente?
– Num telefonema chegaram a dizer-me que eu era a única pessoa do FC Porto que desejava a vitória da equipa frente ao Gil Vicente.

Quem lhe telefonou?
– Um amigo. De facto, bem vi aqueles que foram ao balneário do Gil Vicente festejar a vitória da equipa. Perdemos por 1-0, mas não perdemos a dignidade porque não cedo a pressões e disse isso mesmo aos meus jogadores no fim do jogo.

Pinto da Costa deu-lhe a entender que o FC Porto devia facilitar?
– Nunca me diria isso porque me conhece.

Algum dirigente do FC Porto o fez?

– Há muitas maneiras de fazer pressão. Posso apenas dizer que vivi momentos muito difíceis, mas tenho que deixar alguma coisa para revelar no meu livro. Mas não foi a única vez que me aconteceu. Num jogo entre a Académica e o FC Porto em que se discutia a descida de divisão da Académica, também passei por situações difíceis. Acabamos por ganhar com um golo de Raudnei, infelizmente para alguns, porque não era suposto o FC Porto ter ganho esse jogo à Académia.

Em que época se passa esse segundo episódio?

– Quando Ivic era treinador do FC Porto.

O treinador da Académica era António Oliveira...

– Exactamente.

Foi pressionado, por duas vezes, para não prejudicar duas equipas, treinadas por António Oliveira?

– Vivi momentos muito difíceis."



DAQUI VEM O MEU ANTI FCP…..


PARA ACABAR….

AS PRENDAS DO BATOTEIRO DO DESPORTO



O Expresso de 16.4.2005, publica que o FC Porto viciou o Campeonato, e os árbitros confessaram à Juíza terem sido presenteados com uma sessão de sexo, com prostitutas, no Hotel Meridiam, no Porto.

Logo a seguir a um jogo, quem levou o trio de arbitragem a jantar, e às três meninas brasileiras que já estavam no quarto do Hotel à espera deles, foi Reinaldo Teles, o braço direito de Pinto da Costa.

O árbitro Jacinto Paixão teve direito a escolha, pois tinha ao seu dispor uma 'menina' de cor negra , uma 'menina' branca e uma 'menina' mulata. Jacinto escolheu, e o que sobrou foi para os seus auxiliares. Diz o Expresso que as 'pequenas' receberam 150 euros (30 contos) cada uma, pelos seus serviços (o rei da batota paga bem, para os árbitros é uns mãos largas, até passa muitas vezes por Fátima para agradecer a Nossa Senhora por o fazer tão generoso...).

Lembro aqui, aos que fazem comentários, que, se sentirem incomodados por eu estar aqui a escrever isto, que não sou eu que invento estas coisas, está tudo no Expresso de sábado passado, é só comprarem o Jornal.
“ramos” em A Xafarica

A JUÍZA do processo «Apito Dourado», Ana Cláudia Nogueira, concluiu que Pinto da Costa é pessoalmente responsável por ofertas a árbitros, incluindo o serviço de prostitutas. E esses «presentes» não eram feitos por «filantropia» mas para obter contrapartidas no terreno desportivo. Contrapartidas que tinham por objectivo beneficiar o FC Porto e prejudicar o Sporting e o Benfica. O despacho, cujas linhas gerais foram reveladas ao EXPRESSO por fonte judicial, refere o desafio Porto-Estrela da Amadora, realizado em 24 de Janeiro de 2004 - onde, segundo a juíza, houve muitos erros de arbitragem que o próprio árbitro, Jacinto Paixão, posteriormente reconheceu. Esses erros favoreceram sistematicamente o FC Porto.

FC PORTO VICIOU CAMPEONATO

A juíza do 'Apito Dourado' não tem dúvidas das culpas de Pinto da Costa no caso das prostitutas para árbitros

BENFICA E SPORTING FORAM PREJUDICADOS, DIZ A JUÍZA

JÁ ESTA ENORME, MAS SE QUISEREM MAIS …PEÇAM…


Estou no ir…

Friday, December 02, 2005

Neo-terrorismo



Aproveitando o tema da moda (mas palpita-me que a cair em desuso), a gripe das aves, e o sempre tão presente terrorismo. Aproveitando também, para dissecar algumas teorias da conspiração.

Isto, a propósito de uma conversa que surgiu hoje no costumeiro almoço de família, acerca do vírus da SIDA. Por exemplo e já que foi o dia mundial da SIDA.

Há quem pense (e quanto a mim, com razão) que o vírus da SIDA surgiu num laboratório, com o fim de se tornar mais uma arma biológica no arsenal de sabe-se lá quem (os anti-americanistas dirão que da USA). Porque, convenhamos, o poder de mutação do vírus é tal que não parece provir da Natureza (bem, a evolução a tudo se presta, mas enfim), mas sim da mão humana. E que conveniente ter aparecido primeiro em símios...ensaios e testes que fugiram ao controlo? Pois a mim ninguém me convence que o vírus é totalmente natural...
Segundo ponto da teoria em torno dos HIVs...não vos parece estranho que nunca mais seja comercializada uma vacina? De um vírus que está mais do que caracterizado, estudado, conhecido? Numa era de pós-genómica, em que os genes já desvendam alguns dos seus segredos? Numa era em que a manipulação genética de vírus é a coisa mais simples num laboratório de investigação? Mmmm...
Sim, a mim cheira-me mas é a esturro das multinacionais farmacêuticas. Que têm muito mais a ganhar com a venda de medicamentos a seropositivos do que com uma vacina contra o HIV...
Então se até existe uma tribo (agora não me tou a lembrar onde) africana cujas mulheres são completamente imunes ao vírus? E são prostitutas há séculos. E nunca houve qq caso de HIV entre elas. Nem medidas preventivas.
Não me venham agora dizer que não conseguem chegar ao gene que confere essa resistência...

Pois é, pois é, e andamos nós para aqui a reclamar contra os bombistas suicidas, quando o terrorismo é completa e totalmente o pão nosso de cada dia daqueles que vão enchendo os bolsos à custa do Povinho...

Para quando o dia do Juízo Final?...

Monday, November 28, 2005

Médis

O Ministro da Saúde visitava um hospital acompanhado pelo director. Ao passarem numa enfermaria deparam com um doente a masturbar-se furiosamente e o ministro pergunta o que se passa com o paciente. O director do hospital informa o Ministro de que é um caso patológico que implica que o paciente tenha de ejacular de 2 em 2 horas porque senão os testículos ficam desmesuradamente inchados. A visita continua e logo mais à frente, num quarto, deparam-se com uma enfermeira a fazer sexo oral a outro paciente. O Ministro estupefacto pergunta o que aquilo significa, ao que o director responde, consultando a ficha do doente:
- Sr. ministro, é um caso absolutamente igual ao anterior, só que este doente vem pela Médis, e não pela Segurança Social.

Saturday, November 19, 2005

Parece que foi desta, adeus Farense!


Não era propriamente sobre futebol que me apetecia escrever neste momento, depois de assistir ao Braga-Benfica com aquele triste desfecho. No entanto este fim-de-semana desportivo fica também marcado por outra triste notícia, o final do Sporting Clube Farense. Não é propriamente a "morte" da instituição, mas sim do futebol profissional e da sua equipa sénior, mantendo-se apenas os escalões de formação. Este acontecimento era inevitável, depois do percurso do Farense nos últimos anos, onde as dívidas acumuladas e as gestões ruinosas enviaram o clube da I Liga para a 3ª divisão em tempo recorde. Os últimos anos têm sido degradantes, com os dirigentes a tentar a todo o custo retardar um final anunciado. Mesmo nestes tempos conturbados não houve humildade suficiente para reconhecer que a situação não era compatível com profissionalismos e que era necessário apostar nos jovens da casa e procurar jovens talentos da região que certamente não se importavam de representar o clube "à borla" desde que treinassem em horário pós-laboral. A mania das grandezas, a incompetência, as jogadas políticas e os dinheiros desviados por "notáveis" farenses para os seus próprios bolsos arruinaram o clube e fizeram com que, após uma manutenção conseguida na secretaria na época passada, o Farense se veja obrigado a não comparecer no próximo jogo, sendo a 3ª falta de comparência da época o que dita a expulsão do campeonato. Isto porque o clube não conseguiu obter os 500 mil euros necessários para inscrever a equipa principal, tendo sido a equipa júnior a desenrascar a situação jogando simultaneamente para o campeonato de júniores e para o campeonato da 3ª divisão nas últimas jornadas.

Muitos de vocês poderiam-me dizer: "Ah e tal ZP, falas da degradação a que o Farense chegou mas tu, farense de gema, deixaste de ser sócio e de ir ver os jogos, não cumprido a tua obrigação para ajudar o clube da tua terra. Só tens olhos para o SLB". É verdade. Durante muitos anos não falhava um jogo do Farense em casa, desde puto quando ia ver os jogos com o meu pai. Estive lá nos 2 momentos mais altos da história do clube, a final (e finalíssima) da taça de Portugal frente ao Estrela da Amadora, e a 1ª e única participação na taça UEFA onde foi eliminado na 1ª eliminatória pelo Lyon. Alguns anos depois cansei-me... a verdade é que sou Benfiquista e apenas tinha uma simpatia pelo Farense por ser o principal clube da minha cidade, mas não me revia totalmente nele. Não me revia em alguns dos seus responsáveis nem em muita da sua massa associativa e respectivas atitudes e comportamentos. Irritava-me profundamente quando, na visita do Benfica ao S. Luis, recebia comentários e olhares de reprovação quando ia comprar o bilhete de sócio para o jogo envergando a minha camisola do glorioso SLB. Para mim é um acto perfeitamente normal... tinha as quotas em dia e eles tinham que me dar o bilhete e calar. A verdade é que aquilo sempre foi um clube de lagartos, tal como esta cidade. É perfeitamente natural que alguém não se reveja no clube da sua terra, tal como os 20% de portuenses benfiquistas que não se revêm na arrogância do principal clube da sua cidade. No entanto é sempre triste ver um clube como o Farense com quase 100 anos de história, fechar as portas.

Agora ficam apenas as memórias... memórias das 2 viagens de autocarro até ao Jamor em 1990, das tardes de domingo passadas ao sol no topo norte do velhinho S. Luis, e dos vendedores de gelados que percorriam as bancadas à procura de clientes. Mas atenção, os gelados eram os míticos gelados GELVI, deliciosas sanduíches de bolacha supostamente crocante com gelado de morango/nata ou chocolate/nata no meio... a taste of Olhão, que saudades!



Friday, November 18, 2005

E é para amigos

Parece que o “Outono” já chegou

E de pensar que o pessoal em Faro provavelmente foi hoje a tarde beber uma bejeca no paquete ainda dói mais

Portem-se mal… mas com estilo


Ps. Se alguém quiser vir beber uma imperial Terça à noite está mais do que convidado

Thursday, November 10, 2005

Atchim!


Pois é, estamos a braços com uma possível hipotética pandemia de gripe das aves. Tudo porque morreram uns quantos patos e faleceram "umas quantas" pessoas (uma só morte já é de lamentar, mas compreendem que estou a falar em termos estatísticos e comparativos, daí as aspas). A doença não é contagiosa sequer. O problema é, claro está, a quase certeza de morte que lhe está associada.

Mas esperem lá, que sabemos nós do quadro clínico das pessoas que já faleceram? Porque, se já estavam debilitadas por outra doença ou condições insalubres de vida, por exemplo, é mais do que lógico que tenham sido das primeiras a sofrer. E eram pessoas em contacto permanente com aves.
Compreendo a preocupação dos que criam aves para comercializar ou por hobbie. Essa aí é válida, está em risco o ganha pão de muitos, é verdade. Mas, sinceramente, não acham que ainda é MUITO CEDO para se andar a falar em pandemias e a lançar o pânico sobre o Zé Povinho?? Só falta eu espirrar e o pessoal gritar "É a gripe das aves, quem nos acode!!!!". Muito sinceramente, estou mil vezes mais preocupada com a eventualidade de um CANCRO, SIDA, GRIPE NORMAL, MENINGITE, ATAQUE CARDÍACO, AVC, AFOGAMENTO, ATROPELAMENTO, ACIDENTE, etecetera, etecetera, etecera...do que da tão falada e exageramente levada em conta gripe das aves.

Primeiro, ainda nem cá chegou. Segundo, não se sabe se alguma vez chegará. Terceiro, se chegar, aí sim, accionemos então as medidas adequadas...sem exagerar. Porque essas ditas medidas aplicam-se principalmente a quem contacta com aves. Os outros, não precisam de andar a bradar aos céus e a invocar o nome do senhor em vão de cada vez que alguém espirrar...
Acredito que, se a cena cá chegar (reparem que digo SE), será facilmente controlável. Porquê? Possas, nem sequer é contagiosa...

Portanto, vamos lá a acalmar e a não acreditar em tudo o que os Media dizem...
E...


Atchim e Santinho para todos!

Friday, November 04, 2005

Bowling Night

Pois é todos os anos é organizada uma noite de bowling para o "staff" e para os alunos de pós graduação. Isto com o intuito de promover o convivio entre os novos alunos e os restantes membros da "School of Medical and Surgical Sciences"
O local foi o
"Megabowl", e aqui ficam algumas fotos. Como podem ver este ano não foi muita gente... Eramos 19... :S




As Equipas





Os Sapatos


A Vencedora


Foto de Grupo


Para a estreia, já que foi a primeira vez que eu e a amy jogamos, acho que até não foi muito mau... fiz 100 pontos a 10 pontos da melhor classificação... A Amy fez um pouquinho menos (Acho que só nas últimas quatro bolas é que a Amy percebeu como é que tinha que atirar).

Cá vos espero para uma partidinha...

"Ora Tomem Lá"

Monday, October 31, 2005

O calcanhar de Sócrates

O facto é chocante e dá que pensar. Portugal tem mais 250 mil funcionários do que a Inglaterra apesar de ter cinco vezes menos habitantes.

Cavaco Silva, já depois de ter sido primeiro-ministro, disse um dia, para escândalo geral, que a única forma de o Estado se ir livrando deste sorvedouro de impostos era esperar que os funcionários fossem morrendo. Despedi-los era sobrecarregar a Segurança Social, reformá-los era lançar mais pandemónio no já frágil sistema. Cavaco esqueceu-se de acrescentar que muitos dos milhares de funcionários que entraram para os quadros no governo do engenheiro Guterres tinham sido contratados a prazo no seu tempo de vacas gordas, isto é, quando o défice chegou a atingir 9 por cento.

Tudo isto me lembrou um amigo que há 15 anos trabalhava, e continua, numa repartição no Terreiro do Paço e me contou uma vez o seu dia-a-dia atribulado de funcionário público. Imaginem o furor:


«Chego às nove e meia à repartição, já com a tolerância de meia hora dada pelo chefe. Assino a entrada e a saída de ontem à tarde no livro de ponto. Ligo o candeeiro da secretária, penduro o casaco, ponho o rádio baixinho na Antena 2. Está-se bem. O ambiente de trabalho está criado. Posso ir tomar o meu pequeno-almoço e ler as últimas no Martinho da Arcada. Até às 10 e um quarto ninguém me vai maçar.

Volto à repartição, passo pelo gabinete do chefe. Lá vão umas bocas sobre o jogo de ontem à noite do nosso clube. Óptimo. O chefe está bem disposto, é um pândego cá dos meus. Continua a gostar da minha cumplicidade futebolística e para o ano há promoção com diuturnidade. Esta ninguém ma tira mesmo que a gente perca o campeonato!

Já recomposto deste início de manhã infernal, sento-me finalmente à secretária. O tempo voa . Já são 11 e um quarto. O melhor é aproveitar para fazer umas chamadas. Ligo o zero. Peço à telefonista linha para uma chamada de serviço. Faço algumas chamadas pessoais mas isto de ter de trabalhar e de resolver os meus problemas é uma maçada. O melhor é que já passa do meio-dia, o chefe já desceu para a cantina e eu tenho de me pirar. Se não aproveito a hora de almoço para mim quem a há-de aproveitar? Regresso às duas e meia. Assino a saída da manhã e a entrada da tarde já com a meia hora de tolerância da praxe. Que seca!

São quase três horas. A fome aperta. Agora, que já cá estou, posso ir almoçar. Nunca falha! Isto de poder comer com o ponto assinado é um descanso. O pior é que quando chegar à secretária depois das três e meia vou ter de inventar qualquer coisa para trabalhar. Um problema para hoje vinha mesmo a calhar e amanhã já tinha que fazer. É assim que se mantém viva a chama do trabalho!

Entretanto já são quatro e meia. Vou distrair o chefe com mais umas bocas e piro-me. Não me pagam para fazer horas extras. Uff! O que vale é que para a semana há feriado com ponte. Colo um atestado a estes dias e dá para ir de férias na boa para um sítio onde ninguém me possa encontrar a passear de baixa.»


A história não é inventada e esse meu amigo continua a trabalhar, desculpem, a ser funcionário na mesma repartição.

Há dias convidou-me para tomar café às nove e meia (estão a ver porquê) no Martinho da Arcada. Em 15 anos, alguma coisa mudara. Já tinha computador e banda larga no serviço mas a desilusão tinha-se instalado. Tinha construído uma carreira com a reforma antecipada como meta. Agora, aquele «ladrão do Sócrates», ainda por cima em quem ele tinha votado, tirara-lhe o sonho.

À volta do meu amigo lá estavam os colegas que eu conhecera, agora muito mais velhos, cabisbaixos, derrotados da vida.

Nunca fizeram nada para sair daquela mediocridade mas a verdade é que também nunca ninguém se ralou com isso.


Luiz Carvalho in Expresso

Wednesday, October 26, 2005

Welcome to the Goose Fair!

Aqui estou eu de novo para vos mostrar um pouco das atracções de Nottingham.
Ocorreu entre os dias 5 e 8 de Outubro a 711ª Edição da Goose Fair.
Uma das maiores Feiras itenerantes da Europa, com mais de 150 atracções e 450 jogos!

Se quiserem saber mais sobre a história da goose fair aqui fica o site oficial http://www.nottinghamgoosefair.co.uk

Ficam aqui também algumas fotos que eu tirei. A ideia era para ir de noite, porque o "barulho das luzes" fica sempre bem, mas estava a chover (sim em Inglaterra também chove!), então as fotos foram mesmo tiradas de dia!














"Ora Tomem Lá"

Saturday, October 22, 2005

POWERLEAGUE!!!

Andava eu a "navegar" pela secção de anúncios do portal da universidade de Nottingham quando me salta à vista um anúncio de um tal de Wazir. Pois é o Wazir estava a procura de jogadores para fazer uma equipa de 5-a-side (futebol 5). Eu, que já sentia falta de "mandar uns pontapés na bola" respondi ao anúncio... Ele só tinha arranjado 3 jogadores e precisava de um para fazer os 5 (é onde entra aqui o "Je").

A ideia era participar num torneio de Powerleague (www.powerleague.co.uk). Powerleague é um jogo de futebol 5, onde a bola não sai (joga-se com tabelas), os jogadores não podem pisar na área do guarda redes (dá falta o que no caso de ser um defesa dá penalti), as balizas são mais largas e mais baixas (altura do peito) do que as balizas de futsal, não pode haver bolas acima da cabeça, e não há carrinhos ou tackles.

Ora chegando o dia D, de Domingo passado, lá fui eu a pé (3,3 Km, para vir é q foi o caraças!). Bom aquilo tem 15 campos, em cada campo jogam 5-6 equipas, cada uma com no minimo 5 gajos, façam as contas e vejam quantas pilas andavam por lá ( a amy devia ser a única rapariga num raio de 1 Km). Bom o Wazir telefona-me - más noticias - ele n conseguia acordar os outros 3 nigerianos que completavam a equipa ("Ora Boa :S!!!).

Passado uns minutos aparece ele com um dos nigerian boys - 3 n fazem uma equipa - bora lá procurar jogadores. Sorte a nossa estavam lá 4 gajos que precisavam de um para fazer equipa (4 + 3 = 7 = 1 equipa).

Adivinhem quem foi a estrela da equipa? O "je" pois está claro!! para verem que os gajos eram fraquinhos, que eles não queriam que eu ficasse de fora. Bom a conclusão de uma equipa feita às três pancadas e com o nome "Nottingham Stars" (Nottingham Stars quem é que foi o estúpido que se lembrou disto?? eu nem sou de Nottingham!) - 5 Jogos, 5 derrotas, 0 golos marcados!!!

Aqui ficam algumas fotos, para terem uma ideia do campo.








Alguém quer fazer uma equipa? eu estou disponivel :D

"Ora Tomem Lá!"

Recebi o mail...é apenas pra partilhar.

Assunto: A verdadeira razão da candidatura...

Um Crime (por Miguel Sousa Tavares)

Uma história de 2 aeroportos:

Áreas:

Aeroporto de Málaga: 320 hectares
Aeroporto de Lisboa: 520 hectares

Pistas:

Aeroporto de Málaga: 1 pista

Aeroporto de Lisboa: 2 pistas

Tráfego (2004):

Aeroporto de Málaga: 12 milhões de passageiros, taxa de
crescimento, 7 a 8% ao ano

Aeroporto de Lisboa: 10,7 milhões de passageiros, taxa de
crescimento 4,5% ao ano

Soluções para o aumento de capacidade:

Málaga: 1 novo terminal, investimento de 191 milhões de
euros, capacidade 20 milhões de passageiros/ano.O aeroporto
continua a 8 Km da cidade e continua a ter uma só pista

Lisboa: 1 novo aeroporto 3.000 a 5.000 milhões de euros,
solução faraónica a 40Km da cidade



É o que dá sermos ricos com o dinheiro dos outros e pobres com o
próprio espírito

Ou então alguém tem de tirar os dividendos dos terrenos comprados
nos últimos anos.

Ninguém investiga isto?


E sabem quem é o dono dos terrenos da Ota..... Pois é... o Dr.
Mário Soares, sabem agora porque é que ele se vai recandidatar ?!!

Porque o negócio com o Cavaco na presidência poderia ser
inviabilizado.



É preciso fazer alguma coisa.


Pelo menos divulguem

Friday, October 21, 2005

World Cup 2006




Considerando o facto de estarem apuradas para o fase final do Campeonato do Mundo de Futebol do próximo ano, na Alemanha, três selecções de futebol (Portugal, Brasil e Angola) de países cuja língua oficial é a língua Portuguesa, e, como tal, existir um universo de 200 milhões de pessoas que utilizam a dita língua como "língua materna", constituindo-se assim um vasto universo de pessoas interessadas em consultar a página oficial da FIFA, que presumo seja da vossa responsabilidade, solicito tomem as diligencias necessárias para que a referida página web seja também apresentada em Português.

http://www.petitiononline.com/FIFA2006/petition.html

Wednesday, October 19, 2005

Quarta, 19 de Outubro, 21h

E o Porto está a ganhar, a ganhar a ganhaaaaaaaaaaaaaaaaaar ao Inter!!!!!!!!!!!!!!! ÉEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEH!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Tumeta-te miforgas!

E mai nada!!!!!!!!!!!! ;-p

Monday, October 17, 2005

The Tales of Robin "Ganda"...

Pois é já estava a dever um outro post aqui das terras do Robin Hood!
O cenário alterou-se um pouco desde o meu último post! Na altura tudo era novo, estranho, uma tempestade num copo de.. "shot"!
Desde então a "minha" Amy chegou, já me ambientei e tudo corre pelo melhor. Agora ficam algumas fotos das vizinhanças da minha actual residência.
No 38, Cycle Road
Nottinhgham
NG7 2DT
Cycle Road - Como podem ver é uma rua agradável! E até tem um aviso para os ladrões! Simpático não é?

Passeio até ao centro - pela Derby Road. O Outono já chegou mas ainda não choveu quase nada! O clima aqui roça o tropical!
Exemplo do estilo de arquitectura que existe nas ruas de Nottingham!
Vem aí o autocarro!!! Nop afinal não! É para verem que aqui não há só minis, também há outros "bichinhos"!! Querias não querias?
De volta a casa e ao meu quarto, cuja janela está virada para este imenso pasto verdejante onde as borboletas voam a seu bel prazer e onde miúdas loiras usando vestidinhos às florzinhas correm descalsas... Nop isso queria eu, está mesmo virado para o campo de jogos de uma escola primária... Mas é verde!

Aquele abraço forte, directamente de Nottingham para vocês, espalhados pelos quatro cantos do Mundo!

"Ora Tomem Lá"