Wednesday, October 25, 2006

O Sr. Arrogância foi desmascarado?


Como já sabem a minha simpatia pela figurinha da foto não é muita. Escolhi esta foto do dito cujo porque me recorda, por exemplo, a forma mal-educada como ele se referiu aos algarvios e alentejanos após o referendo da regionalização. Foi uma das infinitas situações em que este idiota não evitou a arrogância para defender as suas idéias sem qualquer respeito por quem não pensa como ele. Ele pensa-se intocável, e infelizmente parece mesmo ser intocável neste país. Em relação aos seus dotes como escritor nunca os pus em causa, não por conhecer a sua obra (nunca comprei os seus livros nem estou a pensar nisso), nem tão pouco pelo número de exemplares vendidos (já vi livros seus no top de vendas ao lado de livros como o do Mourinho ou do Simão Sabrosa, por exemplo), mas sim pela unanimidade de opiniões positivas a obras suas como o romance Equador. É este romance que está neste momento no centro de uma polémica. Um atento "blogonauta" descobriu que certos parágrafos deste livro são a tradução exacta de trechos do livro "Freedom at Midnight" de Dominique Lapierre e Larry Collins, algumas vezes com pequenas adaptações, outras nem por isso. Esta polémica já chegou aos jornais onde é evidente que neste meio o Sr. Arrogância é intocável. Segundo o Correio da Manhã, "O anonimato da blogoesfera continua a fazer vítimas e a mais recente é o jornalista e escritor Miguel Sousa Tavares, autor de um fenómeno de vendas que dá pelo nome de ‘Equador’...". Pois é, este homem é vítima de uma "acusação anónima e cobarde", mas o plágio descoberto e que circula na blogosfera não é analisado nem divulgado pelos jornais. Espero sinceramente que não demore muito até que um jornalista com tomates investigue estas "coincidências" mais a fundo e desmascare este "magnífico" escritor e jornalista para que ele desapareça de vez da nossa vista. Ele que se fique pela sua nortada no jornal A Bola, pois nesse cantinho ninguém o leva a sério.

Já agora, deixo-vos aqui o endereço do blog da polémica para que tirem as vossas próprias conclusões: Freedom to copy

17 comments:

ganda said...

São os chamados telhados de vidro!

Eu estou como tu ZP, não vou "à bola" com este tipo.

Vamos ver se isto não se torna outra "casa pia" ou "apito dourado"...

Vanadis said...

Pois eu tb não vou muito à bola com ele, apesar de ter gostado bastante do Equador e do não te deixarei morrer david croquete. Que eu achei o Equador quase tiradinho dos Maias, achei sim senhor... mas prontos, um autor tem direito à sua inspiração, e a cópia não é chapada. Mas agora com esta aqui, páhs fiquei mesmo com a pulga atrás da orelha...

Anonymous said...

http://ablasfemia.blogspot.com/2006/10/era-uma-noite-escura-e-tempestuosa.html
Abraco,

J

Vanadis said...

J? João, José, Jorge, Joana, Josefina, Jaime, Jamanta, Jordan, Jonas, Júlio, Júlia, Judite, Juliano, Julião, Juliana, Justina, Justino, Jackson, Joaquim, Joaquina, Jesus, Jesualdo, Jesualda???...who are you? :-)

Vanadis said...

Realmente é demasiada coincidência...ai senhor MST, foram-se-lhe os neurónios, é? Ou resolveu imitar a Clara Pinto Correia e o seu plágio para a visão?...

Anonymous said...

Oi pple,
depois de lerem o blog Freedom to copy deviam ler o que alguns jornaistas (pelo que me parece com razao!) escreveram acerca dele, aqui fica o link:

http://dn.sapo.pt/2006/10/27/artes/miguel_sousa_tavares_ameaca_denuncia.html

Abraco,

J= Jota AKA JP

ganda said...

Bom pelos vistos isto vai ser fogo de pouca vista...

bem ou mal concerteza mais umas centenas compraram o livro para ver... ou seja

Qualquer publicidade é boa publicidade... mesmo a má publicidade!

Continuo a não gostar do tipo...
mas provavelmente ele também não gosta de mim!

Oprichnik said...

Eu não percebo é como é que alguém poderia acreditar nisto... Por não se gostar da pessoa nao se deve espalhar uma difamação assim.

Por muito atrasado mental que o homem seja... ia arriscar ser burro o suficiente para pôr o texto igual ao outro livro mas em português...???? ao menos mudava o aspecto do texto.

Aliás denúncias de anónimos nunca me convenceram, muito menos sabendo agora que é alguém do bloco de esquerda.

A net é bom meio de comunicação mas aldrabões e mentirosos ha em todo o lado. Temos de ser mais espertos e ter bom espírito crítico

PS: eu tb não vou muito à bola com ele

Vanadis said...

Eh pá, não deixas de ter razão. Mas ele pode ter sido burro o suficiente para acreditar que os portugueses não passam de um bando de iletrados que nunca iriam chegar a esse livro plagiado...
Senão veja-se o exemplo da clara pinto correia, biólogo, jornalista e escritora supostamente conceituada. Ela escrevia colunas para a visão, mas plagiava uma revista na america...tipo assim como neste caso com MST. Foi despedida.

Oprichnik said...

Pois... mas eu depreendo que ele não pense que quem lê os livros deles seja iletrado. Um iletrado não conseguirá ler o que vem escrito nos livros... não sabe ler... Só fico um pouco aborrecido por se difamar as pessoas com todo o à vontade porque não se gosta do indivíduo em causa. E ainda mais um acto de difamar completamente cobarde... Feito por um anónimo (que ao que parece já foi descoberto quem é). Ora isto é como aquela típica do:

-Eu não sei... diz que é maricas. Diz que sim

Não pode ser... temos de ser mais responsáveis.

Lembram-se daquela do Mário Soares ter terrenos em Ota e ser por isso que queria ser presidente da republica... Para ficar rico com a venda dos terrenos? Lembram-se? Eu conheço quem more lá e na verdade o Mário Soares não tem lá qualquer terreno.

Diz que tinha..

Acho que "bando de iletrados" é uma expressão adjectiva algo exagerada para o bando de portugueses

ZP said...

Eu também não gosto de calúnias, muito menos anónimas, mas este caso é bem diferente do caso do Mário Soares, onde se inventou uma história absurda para denegrir a sua imagem durante uma campanha eleitoral. Neste caso houve um tipo que colocou lado a lado excertos de 2 livros, onde cada um é livre de ler e retirar as suas próprias conclusões. Eu não acho que exista um plágio propriamente dito, são livros muito diferentes com histórias diferentes, mas acho que qualquer um tem o direito de criticar quando um prestigiado jornalista/escritor, que deveria dominar a língua portuguesa como ninguém, copia excertos de outros livros.

Não sabia que o autor do blog já tinha sido descoberto, mas vão acusá-lo de quê em tribunal?

Vanadis said...

A denominação "bando de iletrados" não é minha, quer dizer, não é propriamente isso que eu penso...mas dada a arrogância do MST, nunca se sabe...mas tens razão, eu só tou a fazer de advogado do diabo...

Quanto ao bando de iletrados, não é sinonimo de bando de portugueses...apenas de alguns portugueses...u-gandeses excluídos!! =D

Oprichnik said...

Vai ser acusado de difamação.

Porque na realidade a cópia não é chapada, como o outro diz. O que circula nos blogs. os teztos lado a lado, um deles é mentira.

Mais uma vez digo... também nao gosto do senhor por aí além, aliás, às vezes até me irrita.

Não sou advogado de defesa de ninguém... só não gosto do diz que.

Bom mas vamos encerrar esta conversa que ao que parece temos mais um post do fundador :P

ZP said...

Penso que nenhum dos textos é falso, houve sim um excerto que era atribuído ao início do Equador e que na verdade só vinha mais à frente. Não tenho a certeza do que estou a dizer, foi só o que concluí de alguns comentários. Se os textos não forem verdadeiros faz todo o sentido uma acusação por difamação, caso contrário o que o autor do blog fez é tão legítimo como qualquer crítica literária num meio de comunicação social.

Encerremos então a conversa. :)

Anonymous said...

Quem anda nestas coisas é natural que esteja sujeito a boas e más críticas. Mas também é verdade que um individuo que queira «destruir» o trabalho de outro arranja meia dúzia de balelas que nunca ninguém vai provar e pronto.A ideia fica na cabeça de milhões e depois ? É como na pedofilia. Há gente e gente que anda lá metida e não se chega a saber e um outro tipo que nunca tenha tido nada relacionado com isso pode-se ver metido numa patranha inventada por um sacana qualquer. A liberdade de expressão é fantástica mas muita gente que a utiliza é simplesmente asquerosa. Isa * Belinha e Lucas. Boas noites .

ganda said...

Bem dito!
E boa noite para ti tb...

bernardo casqueira said...

Concordo plenamente com a crónica, mas estragaste tudo quando te referiste ao Futebol Clube do Porto como nortada..