Monday, April 04, 2005

Filme de terror

Provavelmente alguns de vocês já conhecem este vídeo. Se ainda não conhecem está na altura de o conhecerem e divulgarem. Trata-se de um video divulgado pela associação Animal após algumas declarações à comunicação social de uma conhecida figura da nossa praça, representante da grande futilidade que é a indústria da moda. Fátima Lopes (a dita cuja) defende incondicionalmente o uso de peles de animais na moda, o que faz com que a pouca (quase inexistente) consideração que eu tinha por esta senhora se perdesse completamente. Já que esta senhora gosta tanto de produtos de origem animal, sugiro-lhe que pegue no membro viríl de um elefante africano e o enfie no sitio que não vê o sol...

Brincadeiras à parte, aqui vai o link para o vídeo: LINK

Já agora, visitem o recentemente criado blog plosanimais, dedicado à defesa dos direitos dos animais. Vale a pena dar uma vista de olhos...

16 comments:

ganda said...

epá eu já vi esse video. Está bem que ela pode ter feito essas afirmações, mas não foi ela que fez aquilo aos animais. na ciência usam-se muitos animais, que também são mortos bárbaramente e parece que poucos se importam.

Condeno ao máximo as acções que o video mostra, agora há que separar as coisas.

O facto dela defender o uso de peles pode estar a perpetuar as mortes que vemos no video, mas não podemos atribuir aquelas imagens directamente a ela.

Embora eu ache, que se as declarações que vÊm no video são dela, muito falta de personalidade por parte de alguém que também é imagem de Portugal lá fora.

ZP said...

Ninguém atribuiu as imagens directamente a ela, mas como tu próprio disseste, o facto dela defender o uso de peles pode estar a perpetuar as mortes que vemos no video. O que é preciso é despertar as consciências e mostrar as barbaridades que são cometidas para que as tias do nosso jet-set se exibam com os seus casacos de peles.

Wakewinha said...

Ganda, vais-me desculpar, mas não consigo entender as tuas palavras!

As imagens têm de ser confundidas com a sua, a partir do momento em que ela está elucidada do que é a indústria das peles, e ainda assim faz declarações, a sorrir imenso, dizendo-se a favor daquilo!

Pensando ainda nas suas palavras no 24 Horas, dizendo achar disparatada a preocupação das pessoas com esta questão, e achar disparatado ser alvo de críticas via e-mails ou cartaz, temos todos o direito de a confundir com aqueles que perpetram as atrocidades nos animais.

É tão culpado o que faz, como o que consome ou utiliza! Espero que percebas...

ZP, obrigada por juntares também a tua voz! Entretanto pedia também visita, divulgação e acção sobre este novo blog, P'los Animais, que nasceu exactamente depois do post no Voz Oblíqua. Vê como é fácil agir, e divulga, pf!

Obrigada...

dharyk said...

"É tão culpado o que faz, como o que consome ou utiliza! Espero que percebas..."

Tal como qualquer pessoa que tenha um carro tem culpa do aquecimento global...

Mas as vezes as coisas nao sao tao lineares. Nao que eu esteja a defender quer quem faz barbaridades daquelas quer quem defenda o uso de peles (coisa que eu sou contra), mas ha que por os pontos nos "is"...

ZP said...

"É tão culpado o que faz, como o que consome ou utiliza!"

Eu concordo a 100% com esta frase, e não me parece que a comparação que fizeste tenha algum sentido. O uso de peles de animais é uma questão de vaidade e nada mais do que isso, e quem as usa está a contribuir para a crueldade que se vê no video. Neste caso não há atenuantes nem há qualquer separação a fazer, TODOS são culpados!

Vanadis said...

Pois eu não consegui ver o video até ao fim, de tão bárbaro que aquilo é. Raios partam todas as fátimas lopes do mundo. Desculpem lá, mas são culpadas, culpadas e culpadas. Mostraram claramente ("elas", a fátima lopes e a JLo, tb já vi o video com ela) que se estão a cagar para a sorte dos bichos, o que lhes importam é terem as pelezinhas á volta dos corpos carregados de plásticas e lipoaspirações e lucrarem.

E o Ganda tem razão num ponto, não se esqueçam dos bichinhos que também são mortos em prol da ciência. E daqueles que nos alimentam...quem não conhece já a realidade dos matadouros e dos aviários? OK, precisamos de comer, é verdade, mas pôxa, ao menos tratem os bichos com humanidade.

Quanto às peles, não há argumento que me convença: bárbaro, bárbaro. E quando as compramos, estamos a contribuir para essa barbaridade.

ganda said...

Talvez me tenha feito entender mal ou até eu me entenda mal a mim próprio.

Pode ser tão culpado quem faz como quem consome ou utiliza. Embora como diz o dharyk as coisas não são tão lineares.

Mas não há desculpa para quem faz afirmações como as que estão no video como para quem pratica os actos bárbaros.

No entanto pensem no vosso dia a dia porque não creio que sejemos todos uns santinhos....

Vanadis said...

Eu entendi-te Ganda. E neste aspecto dou-te razão. Nenhum de nós é santinho.

Por mim, evito sempre que posso (se escapa é porque sou naba e não fazia ideia) comprar roupa e sapatos feitos de pele. Couro deve ser a excepção, infelizmente. Acho que quase todos os sapatos são de couro.

Também tentei banir do armário dos cosméticos aqueles que se dizem ser testados em animais. Acho que só a nívea e a dove não o fazem.

Quanto à alimentação, ainda não deixei de comprar carne porque infelizmente sou uma esquesita com a comida e tenho de comer qq coisa. Mas geralmente sou só porco e frango e quase sempre carne de uma quinta que conheço. Se puder evitar carne de grandes superfícies, evito.

Quanto á actividade científica, é com muita vergonha que admito que já tive de matar dois coelhinhos em prol da dita cuja. Aliás, não fui eu que os sacrifiquei pq não consegui. E fiz o material durar talvez mais do que devia para não ter de sacrificar mais nenhum.


É verdade que temos de ser corentes. Dese tempos imemoriais que o homem mata para comer e se vestir. Mas sempre foi só o necessário e tudo era aproveitado. E nessa altura não havia a sobrepopulação mundial...enfim...nessa altura aliavam o útil ao agradável e nunca matavam ou caçavam só por puro prazer ou para satisfazer as hostes de estilistas e idiotas que continuam a fomentar a indústria das peles.

Pergunto eu: QUAL É O MAL DAS PELES SINTÉTICAS, POSSAS???????

ganda said...

Não sei qual é o mal, nem qual a diferença...

Mas será que são biodegradaveis?

ZP said...

Não me parece que o facto de ser ou não biodegradável tenha alguma importância neste caso. Isso não justifica de maneira nenhuma a morte dos animais.

ganda said...

talvez o meu último coment possa ter levado a mais mal entendidos.

O facto de não saber qual a diferença não significa que eu ache que é a mesma coisa. concerteza não é. no entanto eu não sei a diferença porque não tenho e não ambiciono ter qualquer tipo de vestuários de pele, para além do couro dos meus sapatos.

A pergunta sobre a biodegradabilidade era apenas para tentar mostrar que muitas vezes a manta é curta e tapamos a cabeça e os pés ficam de fora...

Vanadis said...

Pois, também é verdade. Mas podemos melhor com resíduos de lixo do que com animais mortos à paulada.
Duvido que sejam biodegradáveis...a ideia é durarem...bem, pessoalmente tb não é vestimenta que me interesse. Mas aquilo que é feito para que exista a chamada "pele verdadeira"...coelho, vison, chinchilas, raposas, etc...pobres bichos... :-(

ZP said...

Só por curiosidade, para se fazer um único casaco de peles são precisos 30 coelhos, e se falarmos de chinchilas o número sobe para 110!!! Tudo isto para satisfazer a vaidade de uma única pessoa. Eu normalmente respeito a opinião das outras pessoas, mas neste caso específico tenho alguma dificuldade em fazê-lo. Eu sei que todos nós temos telhados de vidro e nem sempre fizemos tudo o que podíamos em defesa dos animais, mas a verdade é que no caso das peles não há justificação possível. A questão da biodegradabilidade não mostra nem justifica nada e é completamente irrelevante.

ganda said...

Epá está visto que não me fiz entender com a questão do biodegradável... levantei essa estúpida dúvida com o intuito de demonstrar que neste e noutro caso as posições não podem ser tomadas por impulso ou simplesmente porque alguém disse uma coisa e nós acreditamos piamente.

A minha posição prende-se aqui no acusar uma pessoa, imputar-lhe determinadas frases, mostrar umas imagens chocantes e tal, e a pessoa passa a ser o diabo em... pessoa.

Posso dizer que o capricho de ninguém deveria causar a morte dolorosa de um animal. a morte de forma desumana e sem qualquer tipo de escruplos.

e quanto a mim end of story (not history)

Vanadis said...

Bem, oki, o Ganda tem razão. Afinal os nossos ânimos levantaram-se contra a Fátima Lopes e a JLo mediante uns videos que, tanto qto sabemos, podem até ser montagens.
Mas um facto é certo, ambas usam peles e fazem alarde disso. Ok, antes ser-se sincero que hipócrita. Mas...

Ó ZP, calma man! Tás muito exaltado...fazes-me lembrar eu a discutir com o meu cunhado...lololol

Apresentou demissão said...

Por vezes estes tipos da proteção dos animais exageram de tal maneira que quase tratam tão mal animais racionais como os irracionais que defendem foram tratados... Mas o pssoal tem de fazer alguma coisa...