Wednesday, May 19, 2004

O meu gato!!!

Pois é!! Para quem ainda não sabe eu tenho um gato!
Fez precisamente hoje uma semana que o tenho.
E aptece-me partilhar aquele momento "um pouco" estúpido (já vão perceber porquê) com os meus amigos Bloguistas (e bloquistas tb!).

Então depois da futebolada de terça feira à noite e de um jantar já tardio devido à minha extenuante actividade física, nada melhor do que um passeio noturno com a "Maria" (o nome dela é Amy, mas Maria é mais macho) para descontrair as minhas pernas "musculadas" (coff, coff). A muito custo lá a arranquei do sofá e fomos... Até nada de anormal...

Quando voltavamos, isto já por volta da 1 da manhã, e numa daquelas ruelas que um gajo se mete sem saber porque eis que o animal dá o primeiro sinal: "MIAUUUU"... Eh láa.. o que é isto? parece um gato! (pensamento estúpido, claro que era um gato, o que eu queria era saber onde estava). Depois de tanto procurar-mos (o gajo calva-se quando nos aproximava-mos), lá chegámos à conclusão que devia de estar debaixo dum carro, no motor ou sei lá... Se vissem os pontapés, assim à descortada, que eu dei no carro para ver se o gato fugia, ui ui...

Passando à frente, por algum milagre, lá descobri o gato. Estava entre a roda e o lancil do passeio, tapado por um pacote pequeno de Lays (vazio!). O gajo tava assanhado e eu, todo medroso, não pus lá as mãozinhas (as minhas preciosas ou como diria o Gollum: "my precious!!!"). Antes tiro a chave de casa para distrair/enxotar/arrear no gato e tentar agarra-lo (que grande tática!!). EUREKAAA agarrei o gato!! Porra que o bicho era pequeno... Passei-o à "Maria" (uff, ela que trate dele).

Continuamos o caminho para casa, mas a andar devagar... O pior acontece agora... Quando estou a chegar a casa, um pouco antes que eu também não sou todo "pato", veio-me à cabeça: AS CHAVES!!!
Eu - "Maria" eu não tenho as chaves!
"Maria" - Tás a gozar...
Eu - A sério, não tenho! (enquanto me apalpo todo)
"Maria" - Ai... (com cara de poucos amigos) Eu deixei as minhas em casa
Eu - FODA-SE, logo hoje que o Tiago está na Marinha...
(Para quem não sabe moro eu, a "Maria" e o Tiago)
EU - Bom, não há prob, ficas à porta de casa (porque eu deixei, inteligentemente, a porta do prédio aberta) e eu volto lá, provavelmente as chaves tão lá, a esta hora (quase 2) não passa por ali muita gente...

MAS NÃO ESTAVAM!!! não passa por ali muita gente??!! porra, c'um caralho... bastava um passar! Parecia eu um cão de caça a cheirar o terreno e nada de chaves. Voltei para casa, ainda tipo cão para ver se, por acaso, eu não tinha deixado cair as chaves pelo caminho...

Bom chegando ao pé da "Maria", outra brilhante ideia! Para quem não sabe o vidro do lado do condutor do meu carro está avariado - Não fecha - então está colado com fita-cola. Foi só rebentar com a dita, o vidro cai sozinho, por a mão dentro do carro e já está.
Eu - "Maria", ficas no carro, com o gato. Eu vou voltar lá, pode-me ter escapado qualquer coisa (ESTÚPIDO!!!).
"Maria" - Ok... (mas a pensar - que remédio tenho eu?)

Volto, lá nada, fui à bofia - podia essa alma caridosa que me agarrou as chaves ter ido lá... NÃO!
De volta a casa... Carro! Vocês provavelmente estão a pensar: "FODA-SE, ganda cona, vais dormir no carro? Não tens amigos a quem telefonar??" Ei Ei Ei... Eu não sou desses que telefona às tantas da manhã para os outros... Prefiro sacrificar-me!! (e atenção que isto não é desculpa, eu tenho amigos. são poucos e a maioria não gosta de mim, mas tenho...)

Mas no meio de tanto azar tenho um pouco de sorte, encontrei o "santarém" na rua (é um colega do Tiago). Contei-lhe a história e ele, emocionado, deu-me guarida (atenção foi guarida e não como o Telmo do BB -"É na guarita, na guarita!"). Dormi-mos no chão. E quando digo no chão quero com isto dizer exactamente o que é: no chão duro!! mas ao menos podia esticar-me.

Bom, arranjei as chaves ás 4 da tarde, depois de ter deixado um bilhete ao meu senhorio... O gato já foi ao veterinário (430 gramas), e já tem nome - "MR. Keys" (vá-se lá saber porquê!!)

Cá está o dito... "MR. Keys"



6 comments:

ZP said...

A história é comovente, e tocou-me profundamente!!! Só fiquei com uma dúvida, tratas sempre a tua maria por "maria", ou apenas te armas em machão nos blogs, e lá em casa és corrido à vassourada se não a tratas por "querida" ou "amorzinnho"? Nunca me enganaste...

ganda said...

Sabes que em casa são elas que mandam!! É o território delas... (este não é um comentário machista)

ah... e normalmente é o clássico "MOR" ou então "pastelinho de nata" (este último é a brincar), mas estamos a pensar arranjar uma denominação mais personalisada...

dharyk said...

posso sugerir "alforreca cristalisada"?

Vanadis said...

Alforreca Cristalizada? Donde te saiu essa??

Grande Gandalf, o teu gato é a coisita mais mimosa que já vi (tirando os meus periquitos, a que o teu gatito iria , decerto, achar muitaaaaa piada...e tinhas uma nova história, "Era uma vez dois piriquitos", á qual se seguiria "Gato em telhado de zinco quente"...)!!!!! hiiiiiiiiiiiii (um pouco de histeria de gaja com o relógio biológico a dar mais que horas)!!!!!!

E dizes tu muito bem. Quem manda em casa são MESMO elas. A eles, deixamos a ilusão de que mandam nalguma coisa...

TZ said...

Meu, que gato feio... não havia por aí nada de mais bonito?

ganda said...

Não deu para escolher, e para mais estava de noite!!