Wednesday, May 11, 2005

E agora diplomacia??

Cidadão português detido em Chipre na posse de quatro quilos de droga in Publico

5 comments:

Vanadis said...

Ok, Ganda, mas também temos de ver uma cena: a proporção do "crime". Uma coisa é um charrito. Outra coisa são três quilos de droga. Se uma foi por estupidez, a outra foi premeditada. Três quilos de droga é tráfico. Um charrito é consumo. A proporção do "crime" é diferente.

Mas percebo onde queres chegar. tens o feeling que este não vai ter tanta sorte como o realizador...provavelmente não vai...tráfico é mais dificil de perdoar do que consumo. Mas para alguma coisa existem as embaixadas e pelo que percebi elas estão a movimentar-se.

Contudo, tb acho que por vezes temos de nos deitar na cama que fazemos. Se ia com 3 quilos de droga já devia saber que podia ser apanhado e que é ilegalíssimo. A cena do Ivo pareceu-me mais burrice pura do que intenção criminal...e acho que ele já aprendeu a lição, afinal também acabou por ser castigado ao passar por aquilo tudo.

Acho eu...

ganda said...

Burrice ou não... não sei.

Mas há que ver que secalhar um charrito no dubai é pior do que 4 kg noutro pais...

Além disso não me parece que ele ficou muito arrependido de ter violado as leis do dubai, já que o que ele disse foi que depois deste episódio só tinha uma certeza: nunca mais voltaria ao dubai!

Vanadis said...

Bem, eu também nunca mais voltaria, lol...mas como eu também não levaria um charro para o Dubai sabendo que é contra a lei...bem, isto partindo do principio que eu ganhava rios de money e podia ir até ao Dubai...:-D

Sabes o que é pior mesmo? São as Vanessas e Joanas deste mundo...e por aí fora...

Tenho uma opinião algo vincada: discriminalização da droga TODA. E acabava-se com o tráfico e o crime associado à droga...foi o que se fez com o álcool nos EUA, lembram-se? E resultou...

Vanadis said...

Mas a verdade é só uma: em Roma sê Romano.

Já "vi" pior. Na Argélia podes ir dentro só por comer uvas na rua... (ou era por cuspir grainhas de uva para o chão?...uma coisa assim, percebem a ideia). E na Argélia, menina que se preze sofre sempre tentativa de rapto. E não há hotel que não tenha percervejo. E...acho que já me estou a desviar do assunto...

Vanadis said...

Por falar em Roma, papa, católicos, muçulmanos...ainda hoje vi no Daily Show o Jon Stewart a entrevistar um teólogo (Reza qq coisa) que escreveu "No God but God" (ou qq coisa assim) e que trata da evolução do islamismo:passado, presente e futuro. Pelo que percebi, esta religião está mesmo a atravessar uma crise do caraças, crise essa que a nós, ocidentais, nos passa ao lado.
E, boas notícias, parece que o people está farto dos extremistas e que a tendência é para estes desaparecerem. Adeus Bin Ladens daquele mundo, que até os teus de ti fartos estão...

Mas o que eu queria realmente dizer é que me apercebi de quão rápida tenho sido a julgar uma religião que não conheço...ou melhor, a generalizar... :-( Desculpa mundo... :-D (e o mundo ralado...)